Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Árvore caída: cena corriqueira em dia de chuva | Marcelo Elias/Gazeta do Povo
Árvore caída: cena corriqueira em dia de chuva| Foto: Marcelo Elias/Gazeta do Povo

Uma forte pancada de chuva causou estragos em diversas regiões do Paraná no início da tarde de ontem. A situação mais grave foi registrada em Paranaguá, no litoral do estado, onde dezenas de casas foram destelhadas. De acordo com informações do Simepar, foram registrados ventos de 70 a 80 quilômetros por hora na cidade.

A Defesa Civil de Para­naguá disponibilizou mil metros de lona para cobrir as casas que foram destelhadas.

De acordo com a Copel, 130 mil unidades consumidoras registraram falta de energia na capital, região metropolitana (RMC) e Litoral. Por volta das 19 horas, 33 mil domicílios ainda continuavam sem luz na região.

Capital

Em Curitiba, 48,6 mil unidades ficaram sem ener­gia, especialmente nos bairros Boqueirão, Campo Comprido, Sítio Cercado, Uberaba e Pinheirinho. Por volta das 19 horas, aproximadamente mil casas continuavam sem energia elétrica na capital.

A chuva, que começou por volta de 14h30, também causou o desligamento de vários semáforos ao longo da Avenida Marechal Floriano Peixoto, sobretudo na região central da capital. Várias árvores caíram com o temporal. Uma delas, localizada na Avenida Iguaçu, esquina com a Marechal, interditou parcialmente a via e o cruzamento com a Rua Desembargador Westphalen.

No Boqueirão, uma árvore caiu com a ventania das 14 horas sobre a casa da assistente administrativa Sirlene Quadros, de 47 anos, na Rua Gabriel Corisco Domingues. A árvore quebrou várias telhas e molhou o interior da residência.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]