Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em decorrência das fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo na noite desta quinta-feira (30). Segundo a Defesa Civil Estadual, as chuvas também desalojaram e desabrigaram 299 pessoas na capital e no interior.

Os municípios mais atingidos foram Vitória e Serra, na Grande Vitória, e Aracruz, Fundão e São Mateus de Linhares, no interior. Na Serra, um homem de 46 anos morreu após ser atingido pelo muro do condomínio onde morava.

Na capital, uma mulher de 35 anos foi resgatada após passar quase sete horas presa nos escombros de sua casa, que desabou após um deslizamento de encosta.

A família dela também estava no imóvel no momento do acidente, mas conseguiu escapar a tempo. Segundo a Defesa Civil, a área era de risco e estava interditada.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a moradora estava consciente e soterrada até o pescoço e recebeu oxigênio e medicamentos para manter-se aquecida.

Debaixo de chuva, uma equipe monitorava seus sinais vitais, enquanto outra retirava os escombros usando apenas as mãos. Ela foi encaminhada para um hospital de Vitória e não corre risco de morte.

Em todas as cidades atingidas, há relatos de casas destruídas, enxurradas, alagamentos e encostas desmoronadas.

Segundo o Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural), em poucas horas alguns pontos dos municípios registraram mais que o dobro de chuva esperada para todo o mês de outubro.

Vitória registrou seu maior volume de chuva neste ano: 181,4 mm.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]