i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

História pisoteada

  • PorCláudio Feldens – entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 14/09/2010 21:03
 |
| Foto:

Um dos palacetes históricos da Rua Padre Antônio, no Alto da Gló­ria (ao lado do Colégio Estadual do Paraná) é alvo dos "inquilinos de rua". A casa de dois pavimentos, que pertence aos herdeiros da fa­­mília Tobias de Macedo, foi invadida por desocupados que picharam tudo e estão tratando de vender aberturas, encanamentos e o que for possível. Além disso, fazem suas necessidades no jardim e atemorizam os moradores vizinhos, com ameaças físicas e verbais.

Leve seu filho

Seu filho gosta de skate? Então, um bom local para levá-lo é a pista da Praça do Gaúcho, recentemente reformada. Ali se juntam quase profissionais do skate e os aprendizes, de "velhinhos" a crianças. Não esqueça dos equipamentos de proteção. Ah, e o bom é que na praça funciona uma boa sorveteria.

A pista fica na Rua Nilo Peçanha, ao lado do Cemitério Municipal de Curitiba.

Ainda as maquininhas

O título da nota poderia sugerir que as máquinas caça-níqueis continuam funcio­­nan­­do pela cidade (o que é uma verdade, e para isso basta "procurar bem"). Mas o assunto são as maquininhas de carregar o cartão-trans­­por­­te que todos precisam para os deslocamentos diários. Uma usuária estava irritada ontem no tubo da Praça Eufrásio Correia, sentido Capão Raso. A máquina está estragada há vários dias e agora colocaram uma fita amarela, dessas de isolar locais de perigo.

Vento encanado

Os salões de cabeleireiros, lojas de consertos de celulares e outras que ficam sob o "prédio-túnel" da Travessa da Lapa encheram-se de pó ontem, logo depois do meio-dia. Rajadas de vento provocadas pela passagem da frente fria provocaram redemoinhos naquele espaço apertado. Quem passava pela calçada teve de se proteger da poeira e de papéis e objetos que passavam voando. Dona de um estúdio de tatoo teve de reforçar as amarras de um manequim exposto na calçada.

Vai espantar

Um catador de recicláveis parou seu carrinho ontem à tarde para "dar um sermão" no dono de uma loja na esquina das ruas João Negrão com Pedro Ivo, no centro de Curitiba. É que um conhecido "bailarino" das ruas havia se postado na frente da loja, com uma vistosa peruca azul, e dançava ao som do aparelho usado para anunciar as ofertas. "Esse homem vai espantar a sua clientela", recomendava o carrinheiro. Exagero. O dançarino é simpático e conhecido de todos na área central.

Identidade paraguaia

Paraguaios residentes no Paraná e em Santa Catariana podem solicitar, de 20 de setembro a 1.º de outubro, a expedição ou renovação da cédula de identidade paraguaia. A informação é do Consulado Geral do Paraguai, com sede em Curitiba (Rua Voluntários da Pátria, 400). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3222-9226.

* * * * *"Cada geração de computadores desmoraliza as antecedentes e seus criadores."

Carlos Drummond de Andrade, poeta brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.