Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) se pronunciou nesta segunda-feira (9) sobre o corte de cabos telefônicos no bairro Mossunguê, em Curitiba, o que provocou a interrupção de fornecimento de serviço telefônico para alguns clientes da região. O problema começou no domingo (8) e foi relatado por um leitor da Gazeta do Povo. A Copel informou que comunicou às operadoras o prazo para a regularização dos cabos que utilizam a sua rede de postes.

Os moradores reclamam que não foram avisados do corte de cabos que ocorreu no domingo. Um dos moradores, cliente da Oi, informou que estaria sem o serviço. Segundo informa a assessoria de imprensa da Copel, a empresa de energia teria entrado em contrato com a operadora de telefonia sobre uma obra para instalação de uma nova rede de energia elétrica na região, o que provocou a substituição de cabos.

De acordo com a Copel, esta seria uma demanda negociada entre operadoras de telefonia e a empresa de energia, porque as operadoras usam a estrutura da Copel para entregar aos seus clientes o serviço. Com a substituição de cabos, seria necessário que as operadoras informassem aos clientes sobre a obra para que não causasse transtornos aos usuários.

A obra começou em março e terminou em maio deste ano. Segundo a Copel, as empresas ainda tiveram trinta dias para informar aos clientes antes que a empresa estatal realizasse o corte dos cabos. A Copel orienta aos usuários que procurem esclarecimentos com as empresas de telefonia.

Sobre o problema com a Oi, a assessoria da empresa disse que uma equipe de técnicos foi enviada até o local para averiguar os problemas e o serviço deve ser restabelecido o mais brevemente possível. A reportagem tenta contato com outras operadoras de telefonia para saber se os problemas também ocorreram com outros clientes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]