i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Voos

Curitiba e Porto Alegre têm atrasos acima da média em aeroportos

Nevoeiro fechou Afonso Pena, em Curitiba, por quatro horas. Fechamento de Curitiba e de Cumbica causou problemas em Porto Alegre

  • PorG1/Globo.com
  • 28/08/2010 07:26

Os aeroportos internacionais Afonso Pena, em Curitiba, e Salgado Filho, em Porto Alegre, registram atrasos e cancelamentos acima da média na manhã deste sábado (28), segundo a Infraero.

Em Curitiba, cinco dos 28 voos programados atrasaram e sete foram cancelados, o que corresponde a 43% dos voos com problemas, devido ao fechamento do aeroporto entre as 5h e as 9h05. O motivo da suspensão de pousos e decolagens foi o nevoeiro, de acordo com a Infraero.

Afetado pelo fechamento do Afonso Pena e do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, o Salgado Filho registrou ao menos quatro atrasos de 22 voos programados e dois cancelamentos, uma porcentagem de 27% dos voos com problemas.

Cumbica fechou para pousos e decolagens entre as 6h e as 7h40. Desde então, as operações são feitas somente com o auxílio de instrumentos.

De acordo com a Infraero, pelo menos 20 voos nacionais e internacionais foram alternados para os aeroportos do Galeão, no Rio, e Viracopos, em Campinas, no interior do estado paulista.

Segundo a assessoria de imprensa da Infraero, das 78 partidas programadas em Cumbica entre a meia-noite e as 9h, 31 tiveram atrasos de mais de meia hora e 11 foram canceladas.

No Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, a neblina também fez com que pousos e decolagens fossem feitos somente com a ajuda de instrumentos desde a abertura, às 6h. Até as 9h, a informação da Infraero era de apenas dois voos atrasados.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim, Galeão, no Rio, teve cinco atrasos e seis cancelamentos dos 37 voos programados. Segundo a Infraero, o índice é considerado normal. No Santos Dumont, não há registro de problemas nos 32 voos programados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.