i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estradas

Dez rodovias seguem com pontos de bloqueio no Paraná

Trecho da PR-492, na região noroeste do estado, foi liberado nesta sexta-feira (28). Estrada estava bloqueada após a ponte sobre o Rio Ivaí, no quilômetro 36, ficar submersa

  • PorEloá Cruz, especial para a Gazeta do Povo
  • 28/06/2013 15:57

Nesta sexta-feira (28), mesmo com a presença de sol e sem ocorrência de chuvas fortes no estado, três rodovias federais e sete rodovias estaduais continuam com pontos de bloqueio. No entanto, o trecho da PR-492, entre as cidades de Rondon e Paraíso do Norte, no noroeste do Paraná, foi liberado. A rodovia foi bloqueada após a ponte sobre o Rio Ivaí, localizada no quilômetro 36, ficar submersa por causa da quantidade água acumulada pelas chuvas dos últimos dias.

A maior parte das interdições nas rodovias é registrada desde o último fim de semana. Os principais problemas ocorrem na região de rios e nas proximidades de encostas. Na PR-151, próximo a São Mateus do Sul, problemas na ponte sobre o Rio Vargem, no quilômetro 488, bloqueiam o trânsito para caminhões.

Já na PR-487, em Pitanga, a restrição no quilômetro 287 ocorre por causa de queda de barreira. O trânsito no local está apenas em meia pista. Na PR-544, no quilômetro 3, uma ponte está debaixo d´água entre as cidades de Doutor Camargo e Jussara. Na PR-323, na região de Floresta, está interditada no quilômetro 191 por causa da sujeira e lama que invadiram a pista. A rodovia estava bloqueada inicialmente devido ao aumento do nível das águas do Rio Ivaí, entre Maringá e Cianorte.

No quilômetro 15 da PR-431, entre Ribeirão Claro e Jacarezinho, um deslizamento de terra deixa a pista da rodovia parcialmente interditada. Outro bloqueio também é registrado no quilômetro 36 da PR-559 devido à chuva. A interdição na estrada ocorre no trecho entre Paraíso do Norte e Mirador.

A PR-576, no quilômetro 57, também segue interditada por causa da água que invadiu a pista. O trecho fica nas proximidades da Ponte do Rio Ivaí, entre Aparecida do Ivaí e Tapira.

Rodovias federais

Três rodovias federais seguem interditadas nesta sexta-feira (28). O trecho da BR-373, próximo ao quilômetro 460, tem interdição total entre os municípios de Chopinzinho e Mangueirinha. Também na BR-373, uma erosão bloqueia a rodovia no quilômetro 424, nas proximidades de Candói.

A BR-476, também conhecida como Rodovia do Xisto, também segue interditada desde o fim de semana por causa das chuvas. O quilômetro 329 da rodovia, no trevo de acesso à cidade de Paulo Frontin, está bloqueada devido a uma queda de barreira na região.

Na BR-153, de acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), um deslizamento deixa o tráfego em meia pista no quilômetro 174, entre Tibagi e Ventania.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.