Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Incêndio no Parque Nacional de Brasilia, que já queimou uma área de 10 mil hectares de mata | Foto: Wilson Dias/ABr
Incêndio no Parque Nacional de Brasilia, que já queimou uma área de 10 mil hectares de mata| Foto: Foto: Wilson Dias/ABr

O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso (PMDB), decretou situação de emergência na tarde desta segunda-feira (20) no DF devido ao incêndio no Parque Nacional de Brasília, iniciado no final de semana, e da baixa umidade do ar.O incêndio já queimou mais de 10 mil hectares, o equivalente a 25% da área do parque. O incêndio é decorrente da seca que afeta o Distrito Federal. Nesta segunda-feira, o DF completou 117 dias sem chuvas.

A situação de emergência vale por 60 dias. Com a situação de emergência, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros poderão fazer compras emergenciais para combater o incêndio e queimadas.

De acordo com a nota divulgada pelo governo, os dois órgãos "adotarão todas as medidas administrativas necessárias para minimizar os efeitos do incêndio no Parque Nacional de Brasília e de outros possíveis focos em áreas ambientais do DF, por conta das condições climáticas".

Nesta segunda, a umidade relativa do ar no DF foi de 29%, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O instituto considera situação de atenção quando a umidade fica entre 20% e 30%, de alerta, entre 12% e 20%, e de emergência, quando fica abaixo de 12%. Nesta segunda a temperatura no Distrito Federal variou de 18,2°C a 29,3°C, informou o instituto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]