i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Dois são suspeitos de matar PM no Complexo do Alemão

Fábio Gomes da Silva foi o quinto PM assassinado somente este ano na região, ocupada desde 2010 pelas forças de segurança

  • PorAgência Estado
  • 24/06/2014 07:09

A Polícia Civil divulgou os nomes dos dois suspeitos apontados como os responsáveis pela morte do soldado da Polícia Militar Fábio Gomes da Silva, de 30 anos, que morreu na segunda-feira (23) após ser baleado durante confronto com traficantes no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio.

Ele foi o quinto PM assassinado somente este ano na região, ocupada desde 2010 pelas forças de segurança: primeiro o Exército e depois a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Segundo a polícia, Igor Quirino Lopes da Silva e Thiago da Silva ambos de 26 anos, são os responsáveis pela morte do PM. Contra ambos foram expedidos, ontem à noite, mandados de prisão. A investigação foi feita pela 45ª Delegacia de Polícia (DP), que fica dentro do Alemão.

Segundo o delegado titular da 45ª DP, Felipe Curi, Igor Quirino é "o principal responsável pelos confrontos no Complexo do Alemão, e tem como função principal atuar como 'braço' armado do tráfico". Thiago também integra o "bando" de Igor, segundo o delegado. "Os identificados têm antecedentes criminais por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas", informou a Polícia Civil. "Eles também tiveram a prisão preventiva decretada na semana passada, juntamente com outros 15 traficantes, em outro inquérito policial da 45ª DP que apura os confrontos na região".

O soldado Fábio trabalhava na UPP Fazendinha, uma das quatro Unidades do Alemão. Ele e um grupo de PMs faziam patrulhamento pela comunidade no domingo à noite quando, segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, e se depararam com homens armados que "ao avistarem os policiais atiraram contra eles". Baleado no rosto, o soldado chegou a ser encaminhado ao hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, em estado grave, mas não resistiu e morreu às 6h30 de ontem.

Em outra ocorrência no Alemão, na madrugada de domingo para segunda, dois adolescentes morreram. Segundo a PM, eles teriam trocado tiros com militares da UPP; moradores dizem que eram inocentes. O caso também foi para a 45ª DP e as armas dos PMs envolvidos na ação foram apreendidas. Segundo o delegado Felipe Curi, os adolescentes mortos, de 15 e 17 anos, já vinham sendo investigados por tráfico no Alemão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.