i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
RJ

Duas pessoas baleadas em Copacabana recebem alta de hospital

Apenas o homem que teria iniciado o tiroteio permanece internado no Hospital Miguel Couto

  • PorFolhapress
  • 02/01/2014 10:21

Duas pessoas baleadas no Réveillon de Copacabana tiveram alta do hospital na manhã de hoje. Apenas Adilson Rufino da Silva, 34, que teria iniciado o tiroteio, permanece internado no Hospital Miguel Couto.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de Silva é estável, mas continua grave. Ele foi atingido por sete tiros.

Segundo testemunhas, Silva tentava enforcar uma mulher na rua República do Peru na esquina da avenida Atlântica, a poucos minutos da queima dos fogos, quando foi interceptado pelo comandante e outro policial militar que o acompanhava.

Nesse momento, Silva teria conseguido retirar a arma do comandante do 19º BPM, tenente-coronel Ronald Santana, e fazer um disparo que atingiu o joelho de Santana. O outro policial militar, ainda não identificado, reagiu com disparos e também foi baleado. No tiroteio, pelo menos 12 pessoas foram feridas.

Além do tiroteio, outro incidente causou preocupação durante a noite de Réveillon. O presidente da Associação Stand Up Paddle do Rio, Fábio Andrade, foi eletrocutado na noite do dia 31 ao encostar numa grade ao lado de um caminhão gerador.

Ele foi levado por bombeiros para o Hospital Miguel Couto. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o caso de Fábio não é grave e ele deve ter alta hoje.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.