i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Feriado

E não é que deu praia no Paraná...

Mormaço da tarde garante a alegria de quem está no litoral do estado

  • PorPollianna Milan
  • 07/04/2007 20:03
A banda Bad Religion é um dos grandes nomes da cena punk rock mundial | Divulgação/Seven Shows
A banda Bad Religion é um dos grandes nomes da cena punk rock mundial| Foto: Divulgação/Seven Shows

Polícia registra 164 acidentes

Os motoristas que decidiram viajar ontem para o interior ou para o litoral do estado tiveram de ter atenção redobrada. O clima instável e a fina garoa contribuíram para que o número de acidentes aumentasse. Desde que a Operação Páscoa começou, foram contabilizados 164 acidentes nas rodovias estaduais e federais que cortam o estado, que deixaram 156 feridos e cinco mortos.

Segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), só na quinta-feira ocorreram 70 acidentes, com quatro mortes, nas rodovias fiscalizadas pela corporação. Ontem, até o fechamento desta edição, foram outros 37 acidentes, com uma morte. O pior acidente ocorreu na PR-151, quilômetro 031, no município de Santo Antônio da Platina. Após uma colisão frontal entre dois veículos, Luzia Alves Barbosa da Fonseca, de 68 anos, morreu. Outras quatro pessoas foram hospitalizadas.

Nas rodovias federais não houve vítimas fatais. A Polícia Rodoviária Federal contabilizou entre quinta-feira e ontem 57 acidentes, com 75 vítimas. Na BR-277, sentido litoral, na quinta-feira ocorreu apenas um acidente com um caminhão. Na BR-376, sentido Garuva, só ontem foram atendidos nove acidentes.

O sol apareceu rapidamente durante a tarde de ontem no litoral do estado, garantindo a felicidade dos turistas que decidiram passar o feriado de Páscoa na praia. Quem veio de longe não se arrependeu. A família Pinheiro saiu ontem cedo da cidade de Ventania, na Região Centro-Oeste do Paraná. O grupo percorreu 380 quilômetros em cinco horas e não esconde o entusiasmo com os três dias de folga. "Vamos aproveitar o mormaço para passear no calçadão e brincar na areia, já que pela manhã estava garoando", diz o empresário José Carlos Tomás Pinheiro.

Se a chuva voltar, Pinheiro conta que já tem programado outras atividades para que o feriado não seja desanimado. "À noite vamos ao karaokê. Têm também diversos restaurantes com cardápio variado. Se alguém ficar sem ter o que fazer, jogamos baralho ou ainda apreciamos a bela vista do apartamento que alugamos."

Para quem nunca viu o mar, a primeira vez é inesquecível, mesmo que seja com chuva ou frio. O professor Antônio Aparecido Moretti decidiu visitar o balneário de Caiobá com a esposa e trouxe a amiga Eliana Carmo dos Santos e seus quatro filhos para conhecer a praia. "Tivemos o azar de pegar uma chuva durante a manhã, mas vamos ficar até o anoitecer ou pelo menos até esfriar bastante, já que amanhã trabalhamos normalmente", afirma Moretti, que mora em Colombo, na região metropolitana de Curitiba.

A estudante Tamires Viviane Giatti, de 17 anos, não se intimidou com o tempo instável. Junto com os dez amigos que desceram para o litoral, ela foi à praia para tentar se bronzear com o tímido mormaço. "Está melhor do que o ano passado, quando choveu o tempo todo. Mas se o tempo piorar, vamos para casa e continuamos a festa lá. Por isso que é legal vir em um grande número de pessoas." Quem não teve coragem de vestir roupas de banho, aproveitou para passear no calçadão. O mar tranqüilo e a disponibilidade de espaço na faixa de areia também foi um convite à parte para quem gosta de praticar esportes ou fazer caminhadas.

O comerciante Jaime Martins da Silva está animado com o feriado. Só os produtos que ele vendeu na quinta-feira à noite, com a chegada dos turistas, já somam o mesmo número de vendas em toda a Páscoa do ano passado. "Depois das 8 horas da noite (de quinta-feira) começou o movimento. Hoje (ontem) pela manhã muitas pessoas vieram até o calçadão, mas ainda acredito que o movimento melhore no decorrer do dia. É claro que não se compara ao feriado do Natal e do Ano-novo, mas para termos uma idéia até o policiamento aumentou, sinalizando que as coisas devem ser agitadas por aqui", diz.

Segundo Jurema Arzão, proprietária da Imobiliária Jurema, ela locou 40 imóveis para os três dias do feriado só no balneário de Caiobá. "Grande parte são famílias que vieram para descansar. Penso que o movimento aumentou por causa do clima agradável dos últimos 30 dias, que acabou estimulando as pessoas a descer." Hoje o tempo deve continuar instável em todo o litoral, segundo informações do Instituto Tecnológico Simepar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.