i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
greve na educação

Em assembleia, professores aprovam suspensão de calendário e Vestibular da UEL

Objetivo é reforçar o movimento grevista, já que os setores que ainda mantinham atividades devem aderir à paralisação, que segue por tempo indeterminado

  • PorTatiane Salvatico, do Jornal de Londrina
  • 15/05/2015 12:35

Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (15), os professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) aprovaram a suspensão do calendário dos cursos de graduação e pós-graduação da instituição e do Vestibular 2016 por tempo indeterminado. “Na prática, isso quer dizer que os professores decidiram e sinalizaram por essas suspensões, mas isso ainda precisa ser aprovado pelos conselhos internos da universidade”, explicou o vice-presidente do Sindiprol, Nilson Magagnin. A paralisação segue por tempo indeterminado.

Sem proposta do governo, sindicatos sobem o tom

Segunda reunião entre o Executivo e servidores terminou sem uma proposta de reajuste salarial. Novo encontro está marcado para terça (19)

Leia a matéria completa

Comando da greve dos professores se reúne para elaborar resposta ao governo

Sindicato dos educadores pode aprovar a defesa de uma greve geral dos servidores públicos a partir de terça-feira (19); governo ofereceu porcentual de reajuste salarial abaixo do pedido

Leia a matéria completa

Magagnin disse que a suspensão do calendário tem o objetivo de reforçar o movimento grevista, já que os setores que ainda mantinham atividades – como laboratórios e cursos de pós-graduação – deverão aderir à greve. “Nesta manhã, também nominamos novos membros para o comando de greve para engrossar o movimento.”

Já a suspensão do vestibular se dá em decorrência da greve na rede estadual de ensino, segundo o vice-presidente do Sindiprol. “Entendemos que essa suspensão protege os alunos das escolas públicas para que eles possam, posteriormente, se candidatar ao vestibular.”

Decisão dos professores só vale com aprovação de Conselho de Ensino

A decisão dos professores pela suspensão do calendário e vestibular só tem validade com a aprovação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe). É o que explicou ao JL a reitora da UEL, Berenice Jordão, após a assembleia dos docentes. “Até que uma nova alteração seja aprovada pelo Cepe vale o último calendário acatado que vai até 12 de janeiro do ano que vem.” Segundo a reitora, as atividades em sala de aula seguem até a véspera de Natal, mas os exames devem ser aplicados no início de janeiro.

A suspensão do Vestibular também depende da aprovação do Conselho, segundo Berenice Jordão. “Uma coisa está diretamente relacionada à outra.” A reitora explicou que a data do Vestibular 2016 ainda não havia sido definida, já que o Cepe tem até junho de cada ano para a decisão. Normalmente o concurso é realizado em novembro pela instituição.

Questionada sobre a data da possível reunião do Cepe, a reitora da UEL disse que isso depende do pedido da assembleia dos professores. “Não é uma decisão que cabe a mim. Isso depende exclusivamente dos termos propostos pelos professores.”

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.