i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
chuva

Enchente deixa 6,5 mil desabrigados no Rio Grande do Sul

    • Estadão Conteúdo Web
    • 25/12/2015 15:39
    Alagamento em Porto Alegre. | Paulo Nunes/Correio do Povo
    Alagamento em Porto Alegre.| Foto: Paulo Nunes/Correio do Povo

    A chuva já desabrigou e desalojou mais de 6, 5 mil pessoas na fronteira oeste do Rio Grande Sul. Reflexo do mau tempo, com volume acumulado de mais de 500 milímetros de água em menos de uma semana, 32 municípios sofrem prejuízos por causa da enchente, a pior deste ano na região.

    Milhares de pessoas desalojadas precisaram de solidariedade para passar o Natal e, conforme orientação da Defesa Civil, terão que ficar o ano-novo em abrigos ou casas de amigos e familiares.

    A Ponte Internacional da Concórdia, que é elo entre o Brasil e o Uruguai por Quaraí e Artigas, foi interditada por 22 horas, pois o rio alcançou a marca de 14 metros, considerada preocupante para a segurança local.

    A Defesa Civil informou que 12 prefeituras decretarem situação de emergência: Liberato Salzano, Trindade do Sul, Nonoai, Santo Ângelo, São Miguel das Missões, Guarani das Missões, Roque Gonzales, Cândido Godói, Uruguaiana, Quaraí, Passa Sete e Não Me Toque. As equipes de Defesa Civil seguem vistoriando áreas de risco e prestando suporte técnico para as prefeituras.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.