Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar | Roberto Custódio/JL
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar| Foto: Roberto Custódio/JL

Comunidade está desconfiada

Dar aulas no Colégio Estadual Presidente Roosevelt, em Guaíra, virou um desafio aos professores. Quando chove, a escola fica alagada. Quando faz calor, ninguém consegue ficar em sala de aula. Para completar, há os gambás, que fazem arruaça nos forros. A professora de Biologia Lílian Queli Cardoso diz que é comum encontrar urina dos animais, inclusive em cima da mesa, antes da aula começar.

Leia a matéria completa

No Colégio Estadual Polivalente, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, a diretora Maria Eutenia Stchuk já tem a lista das reformas a serem feitas no ano que vem. São reparos na fiação elétrica, pintura externa e a troca do antigo encanamento, ainda de ferro, que está entupido pela corrosão e ameaça o funcionamento das mangueiras de combate a incêndio. "Se um dia precisarmos usar as mangueiras não tem pressão suficiente porque os canos estão entupidos", comenta a diretora do colégio.

O custo das obras no Polivalente, orçadas em cerca de R$ 304 mil, fazem parte dos R$ 122.218.538 anunciados na semana passada pelo governo do estado para reformas, melhorias e ampliação de 332 colégios estaduais, além da construção de pelo menos outros 11 novos colégios. O prazo para a abertura dos editais de licitação é até hoje, mas pode ser estendido em até uma semana.

As obras vão desde simples reparos, orçados em pouco mais de R$ 10 mil, até ampliação de colégios como o Colégio Agrícola Getúlio Vargas, em Palmeira, que deverá receber cerca de R$ 3 milhões para construção de três novos alojamentos e de um pequeno pólo agroindustrial para beneficiamento de leite, carne e vegetais.

A chefe do Núcleo Regional de Educação de Ponta Grossa, Carmencita Holleben de Mello, afirma que os locais para execução das obras foram escolhidos pela avaliação das prioridades feita pelos próprios chefes das regionais. "Colocamos aquelas que precisavam de reformas na fiação, sistema hidráulico, salas de aula, o que viesse a comprometer a realização das atividades, como prioridade", diz.

Segundo Carmencita, cerca R$ 16 milhões foram destinados a obras na região dos Campos Gerais. "Ainda não recebemos o anúncio oficial, mas pretendemos ajustar tudo para que a licitação feche o mais rápido possível e as obras iniciem ainda no final deste ano", comenta.

Novas escolas

O município de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitba, deverá receber dois novos colégios estaduais. As cidades de Medianeira, Ortigueira, Araucária, Campo Largo, Ortigueira, Bocaiúva do Sul, Entre Rios do Oeste, Quedas do Iguaçu, Mangueirinha e Cascavel também foram contempladas com a construção de novas escolas estaduais.

As obras alcançam um valor de cerca de R$ 2 milhões cada uma, exceto o futuro colégio Cacique Crispin, em Ortigueira, orçado em R$ 600 mil.A previsão para o início das obras é de ainda este ano e os colégios devem estar prontos para as atividades no final de 2008.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]