i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
saúde

Prato bem feito

Manter uma alimentação saudável e de qualidade é encarado como um desafio por muita gente

  • PorCaroline Passos, especial para a Gazeta do Povo
  • 28/03/2013 21:12
Eduardo Feniman no “quintal” da Casa da Videira | Hugo Harada/ Gazeta do Povo
Eduardo Feniman no “quintal” da Casa da Videira| Foto: Hugo Harada/ Gazeta do Povo

Desafios

Parece difícil, mas você também pode tornar Curitiba mais saudável:

1. Seja voluntário em ações promovidas em hospitais e asilos para alegrar a vida de pacientes.

2. Doe sangue e inscreva-se no banco de doadores de medula.

3. Crie bons hábitos alimentares e incentive a prática.

4. Pratique esportes com amigos em praças e parques.

5. Ajude a manter os ônibus arejados no inverno.

Manter uma alimentação saudável e praticar exercícios regularmente faz parte das recomendações médicas para ter uma vida saudável e prevenir doenças. Enquanto as orientações são ignoradas por uns e seguidas à risca por outros, Curitiba vê seus meninos, meninas e adolescentes seguirem os passos da obesidade no Brasil, cujo índice aumentou 15 vezes entre 1974 e 2009. A reeducação alimentar é um desafio para reverter esse quadro.

Um dos projetos que pretendem mudar essa realidade é encabeçado pela nutricionista Regina Vilela e envolve a UFPR e a Universidade de Roma. A ideia é desenvolver uma campanha para estimular o consumo de alimentos produzidos na cidade. "Curitiba segue uma tendência observada em países em desenvolvimento de eliminar frutas e verduras da dieta quando tudo isso é fácil de encontrar aqui", explica.

Fazenda urbana

Contra a maré dos produtos industrializados, destaca-se a Casa da Videira – uma pequena fazenda no bairro Mossunguê que, há três anos, agrega pessoas preocupadas em disseminar a prática da agricultura familiar. Para isso, a casa oferece cursos que ensinam a plantar e estimulam a integração com animais nos espaços urbanos. O quintal é o laboratório onde são aplicadas técnicas da agricultura. "Sempre pensei em mudar meus hábitos, entre eles a alimentação. Por isso, iniciamos esse trabalho de resgate do cultivo dos alimentos", conta o agricultor urbano Eduardo Feniman, que vive no local com a mulher e a filha.

Ele conta que o maior desafio foi aplicar uma proposta que difere do conceito de espaço urbano. "A lei nem sempre vai de acordo com a agricultura urbana. É preciso rediscutir a legislação sobre o uso dos quintais", defende.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.