i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Aniversário de Curitiba

Isabeli Fontana leva Curitiba para as passarelas do mundo

Criada no Residencial Novo Mundo, modelo internacional gosta de passear nos parques e comer a comida de Santa Felicidade quando está na cidade

  • PorDanielle Blaskievicz
  • Especial para a Gazeta do Povo
  • 23/03/2017 17:44
Isabeli lembra da época em que o ônibus era seu principal meio de transporte na cidade. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Isabeli lembra da época em que o ônibus era seu principal meio de transporte na cidade.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Curitiba tem um carinho muito grande comigo. Sempre que tem alguma coisa eu sou lembrada. Só posso agradecer esse carinho. Eu fico muito feliz com isso.

Isabeli FontanaModelo

Isabeli Fontana, 34 anos, dispensa todos os adjetivos associados à sua profissão (top model, uber model etc). Além de já ter ultrapassado esse tipo de conceito e ocupado todos os rankings possíveis das “mais mais” do mundo da moda, a curitibana que cresceu correndo pelas ruas do bairro Portão conquistou as passarelas fashion, dominou as capas das revistas e está entre as preferidas dos estilistas da alta costura internacional.

Laços familiares

Isabeli conta que tem tido poucas oportunidades para vir a Curitiba. Quando vem, geralmente cumprindo a agenda profissional, aproveita para rever os amigos de infância que ainda mantém contato e os familiares.

Ainda assim, entre os lugares que ama visitar está o Parque Barigui, onde ela fez questão de levar os filhos para que eles pudessem conhecer e saber um pouco da infância da mãe. “Eu não sou uma pessoa muito urbana. Eu gosto desse contato com o mato, com a natureza”, salienta.

Outro roteiro que Isabeli gosta de conferir são os restaurantes de Santa Felicidade. “Eu adoro os restaurantes. São maravilhosos”, enfatiza.

Isabeli conta que está começando a definir novos projetos para sua vida profissional, que incluem a expansão da linha de lingerie que leva o seu nome, em parceria com a Morena Rosa.

Hoje, apesar de rodar o mundo por causa da agenda profissional, tem residência fixa em São Paulo, onde mora com o marido, o músico Di Ferrero – com quem se casou no ano passado –, os dois filhos, Zion (14) e Lucas (10), e a avó materna, Maria Isabel (76) – que Isabeli afirma ter “raptado”. Ainda assim, sempre que vem a Curitiba, aproveita para ver os familiares que moram na cidade. “Minha mãe e meus irmãos moram em Floripa atualmente. Mas meu pai, meus tios e primos estão em Curitiba. Minha família é muito grande e eu aproveito para rever a todos”, comenta.

Em Curitiba, Isabeli morava no Residencial Novo Mundo, localizado na via rápida Portão-Centro, um dos maiores e mais antigos condomínios residenciais da capital paranaense. “Eu morei ali até os meus 12, 13 anos. No meu tempo, eu ainda pulava o muro pra ir no mercadinho que ficava do outro lado da rua. Era muito bom, eu cresci muito moleque”, diverte-se. Dali, ela passou um ano em São Paulo, após ser finalista do concurso da Mega Models, que a lançou na carreira. Aos 15 anos, já estava morando em Nova York.

Para quem imagina que a vida da modelo é de aeroporto em aeroporto, ela conta que já andou muito nos ônibus biarticulados de Curitiba. “E eu adorava o Shopping Mueller, adorava quando o meu pai me levava lá”.

Isabeli passou por várias escolas em Curitiba. Ainda criança, estudou na Escola Municipal Arapongas, que ficava no Novo Mundo e era perto de sua casa, depois em colégios como o Padre João Bagozzi, no Portão, e o Barddal.

Especial Aniversário de Curitiba

Para comemorar os 324 anos de Curitiba, a Gazeta do Povo publica uma série especial com o perfil de curitibanos célebres que representam a nova cara da cidade. Até dia 29 de março, um novo personagem falará diariamente sobre sua relação com Curitiba.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.