Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Especiais
  4. Retratos Paraná
  5. Curiosidades
  6. Conheça os apelidos das cidades do Paraná

Cultura

Conheça os apelidos das cidades do Paraná

As origens são variadas: podem vir da vocação econômica ou de algum episódio histórico. Muitas até são desconhecidas dos próprios moradores

  • Anderson Gonçalves, especial para a Gazeta do Povo
Salto São João, em Prudentópolis. A cidade é conhecida como a Terra das Cachoeiras Gigantes |
Salto São João, em Prudentópolis. A cidade é conhecida como a Terra das Cachoeiras Gigantes
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Conheça os apelidos das cidades do Paraná

Assim como muitas pessoas, as cidades paranaenses também têm seus apelidos. As origens são variadas: podem vir da vocação econômica ou de algum episódio histórico. Muitas até são desconhecidas dos próprios moradores.

O fato é que os títulos se incorporaram a essas cidades, que ostentam com orgulho seus títulos. Conheça alguns deles:

Curitiba, a Cidade Sorriso e a Capital Ecológica:

A capital paranaense coleciona alguns títulos ao longo de sua história, sendo um dos mais conhecidos o de Cidade Sorriso. Segundo consta, esse apelido nasceu em um documento ufanista, como forma de tentar reverter a fama antipática de seu povo. Outro título foi de Capital Ecológica, por conta das políticas voltadas para a sustentabilidade.

Maringá, a Cidade Canção:

Uma das poucas cidades planejadas do Paraná, Maringá foi idealizada pela Companhia de Melhoramentos do Norte do Paraná. Seu nome nasceu de uma música que era cantada pelos operários que trabalhavam em sua construção: "Maringá", de Joubert Carvalho. Por ter essa descendência musical, ganhou a alcunha de Cidade Canção.

Ponta Grossa, a Capital Cívica:

Quando ocorria a Revolução de 1930, Getúlio Vargas esteve de passagem por Ponta Grossa, enquanto acompanhava o desenrolar dos acontecimentos no Rio de Janeiro. Foi na cidade paranaense que ele teria recebido a notícia de que deveria seguir para a capital tomar posse como presidente. Daí nasceu o título de Capital Cívica do Paraná.

Telêmaco Borba, a Capital do Papel:

O município de Telêmaco Borba nasceu e se desenvolveu a partir da Indústria Klabin de Papel e Celulose, que começou em um pequeno povoado e posteriormente se consolidou como a maior empresa do setor no Paraná. Até hoje a economia do município é amparada por essa indústria, que garantiu à cidade a alcunha de Capital do Papel.

Toledo, a Cidade do Porco no Rolete:

Um dos mais importantes centros de suinocultura do Paraná, Toledo ganhou ainda mais destaque com sua Festa Nacional do Porco Assado no Rolete, hoje com mais de 33 anos de existência. O prato se tornou tão popular que a cidade acabou ficando conhecida como a Cidade do Porco no Rolete.

Cascavel, a Capital do Oeste:

Quinto maior município paranaense, Cascavel é a principal cidade da região Oeste do estado. Sua força está principalmente no agronegócio, desde a cultura até os serviços especializados. A condição de polo econômico fez com que ganhasse o título de Capital do Oeste Paranaense, tornando-se uma referência para os demais municípios.

Prudentópolis, a Terra das Cachoeiras Gigantes:

O município de Prudentópolis detém um dos números mais impressionantes em termos de atrativos naturais no Paraná. Em seu território existem mais de cem cachoeiras catalogadas, sendo que várias possuem mais de cem metros de altura. Tamanha riqueza garantiu à cidade o título de Terra das Cachoeiras Gigantes.

Apucarana, a Capital do Boné:

Oficializada no ano passado como Capital Nacional do Boné, Apucarana é responsável por 80% da produção brasileira do acessório. A tradição no setor vem desde o início da década de 1970. Hoje são 200 fábricas de pequeno, médio e grande porte, cuja produção mensal chega a seis milhões de bonés, envolvendo 15 mil trabalhadores.

Cianorte, a Capital do Vestuário:

Por ser um dos maiores centros atacadistas do vestuário do país, Cianorte ficou conhecida como Capital do Vestuário. São mais de 600 confecções, 15 mil empregos diretos e outros 30 mil indiretos, além de 20% de toda a produção de jeans do país e 12 milhões de peças por mês. A cidade está entre as que mais geram empregos no Paraná.

Você conhece outra cidade paranaense com um apelido curioso? Deixe seu relato no formulário abaixo.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE