Um ex-militar de 20 anos morreu na tarde de ontem ao tentar fugir de uma audiência judicial na 5.ª Companhia da Polícia do Exército, no bairro Bacacheri, em Curitiba. Na fuga, Maycon Camilo Worm chegou a roubar um carro, mas foi atingido por um tiro disparado por integrantes da Polícia do Exército (PE). O rapaz respondia por um processo militar federal.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 16 horas, Worm pulou uma janela do quartel e entrou em residências da região. Em uma das casas, o rapaz teria roubado um automóvel para fugir. Na Rua Paulo Ildefonso Assunção, policiais da PE tentaram contê-lo atirando nos pneus do carro. Entretanto, o rapaz teria ido com o veículo contra militares.

Atingido no pescoço, Worm foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento. Até as 19h30 de ontem, não havia posicionamento oficial do Exército.

Antes de ser trazido a Curitiba, Worm estava detido em Cascavel, no Oeste do estado. De acordo com informações do site da Polícia Civil do Paraná, o rapaz foi apontado como o "mentor intelectual" do sequestro de uma criança de 9 anos, em setembro de 2009. Na ocasião, além de Worm, outras três pessoas foram presas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]