Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar | Roberto Custódio/JL
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar| Foto: Roberto Custódio/JL

Os números parciais sobre mortos, feridos e acidentes nas estradas do Paraná durante o feriado de Finados de 2007 indicam uma redução nos índices, quando comparados aos dados do ano anterior. Até as 18h30 de ontem, quatro pessoas morreram nas rodovias que cortam o estado – no ano passado, quando o feriadão durou um dia a mais, foram 11 mortes.

Os números de feridos e acidentes também apresentam queda. Em 2006, foram 286 acidentes com 227 feridos. No feriado deste ano, as polícias rodoviárias contabilizaram 131 feridos e 206 acidentes. Nas rodovias federais que cortam o estado, 91 acidentes deixaram duas pessoas mortas e 48 feridas na quinta-feira, sexta e sábado. No domingo, até as 18h30, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizava outros quatro acidentes com três feridos.

As duas mortes aconteceram no sábado. Segundo a PRF, Rudimar Beaghini, 41 anos, morreu depois que o carro que dirigia bateu de frente em um caminhão no quilômetro 157 da BR-116, em Quitandinha, na região metropolitana de Curitiba. A outra pessoa morta é um andarilho, ainda não identificado, que foi atropelado por uma caminhonete em Curitiba, no quilômetro 82 da BR-277, próximo ao Centro Polítécnico da UFPR. A concessionária Ecovia, que administra o trecho da BR-277, informou que durante o feriado houve outros 28 acidentes na rodovia.

As duas mortes nas rodovias estaduais aconteceram na sexta-feira. A Polícia Rodoviária Estadual não soube informar os locais dos acidentes nem o nome das vítimas. Até as 18h30 de ontem, a PRE registrou 115 acidentes, 83 feridos e duas mortes. Só no domingo foram 23 acidentes com 13 feridos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]