Vinte e uma mortes violentas foram registradas em Curitiba e região metropolitana, de acordo com dados do Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o boletim emitido, nove pessoas foram vítimas de arma de fogo, uma de arma branca e outra de agressão física. Oito pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito e uma foi vítima de uma queda. Foi registrado também um caso em que a causa da morte ainda está sendo apurada. Nas estradas do estado, o sábado foi particularmente violento.

Foram registradas dez mortes pela Polícia Rodoviária Estadual e outras três pela Polícia Rodoviária Federal.

No Cajuru, neste domingo pela manhã, Gerson da Silva Meira foi encontrado em sua cama morto com cinco perfurações de faca. De acordo com moradores da região, no noite de sábado, Meira ficou na companhia de vizinhos em casa cantando músicas em um aparelho de caraoquê. Pela manhã, uma das vizinhas foi chamá-lo para trabalhar, quando o encontrou morto.

Em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba, um duplo homicídio marcou o fim de semana. Por volta de 23h30 de sábado, Sebastião Alves da Conceição, 60 anos, e Mauri Ribeiro da Conceição, 24 anos, respectivamente, pai e filho, perderam a vida vítimas de arma de fogo. Os dois foram encontrados mortos na própria residência, local em que se realizava uma festa na hora do crime. Até o momento, motivo e autoria dos assassinatos são desconhecidos. De acordo com testemunhas, os disparos teriam sido feitos por dois homens.

No sábado pela manhã, foi registrada uma tentativa de assalto a clientes de um posto de combustíveis, na Rua Doutor Barreto Coutinho, esquina com Avenida Paraná, no Santa Cândida. O resultado foi uma vítima morta e um dos assaltantes espancado por testemunhas do crime (Leia matéria completa).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]