i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Celeridade

Foz e Guaíra podem receber novas Varas

  • PorVinícius André Dias - justica@gazetadopovo.com.br
  • 26/11/2009 21:14

Uma comitiva de Ponta Grossa esteve reunida com o desembargador federal Vilson Darós, presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF), no início desta semana, para solicitar a instalação de mais uma vara federal na cidade – atualmente, Ponta Gros­sa conta com duas Varas Fe­­derais (uma delas funciona conjuntamente com o Juizado Especial Federal Criminal) e uma Vara do Juizado Especial Federal Cível. A comitiva en­­tregou ao presidente do TRF um material elaborado com dados sobre a região, que de­­monstram a necessidade de uma nova Vara na cidade.

Segundo o juiz federal Danilo Pereira Júnior, diretor do Foro da Justiça Federal do Paraná, muitas comitivas têm procurado a ele e a Darós, por conta da aprovação de lei que cria 230 novas Varas Federais no Brasil, nos próximos cinco anos. "Mas quem vai definir onde essas Varas serão instaladas é o Conselho da Justi­­ça Federal", explica. Ele afirma que, além de a lei ter definido critérios para a seleção dos lo­­cais, um estudo está sendo realizado para identificar onde as novas Varas são mais necessárias. "Não há nenhum lugar definido, mas, hoje, até por uma questão de segurança pública, e porque um dos critérios da lei dá preferência às fronteiras, verificamos grande necessidade de novas Varas em Foz do Iguaçu e Guaíra", esclarece.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.