Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Paris testará vans elétricas e sem motorista, gratuitamente, até o próximo dia 7 de abril. | François Grunberg/Mairie de Paris/Divulgação
Paris testará vans elétricas e sem motorista, gratuitamente, até o próximo dia 7 de abril.| Foto: François Grunberg/Mairie de Paris/Divulgação

Paris colocou em circulação nesta segunda-feira (23) vans elétricas sem motorista entre duas estações de trem, de forma experimental, com o objetivo de se preparar para a revolução dos novos transportes, segundo um responsável da cidade.

Estes veículos automáticos circularão até o dia 7 de abril entre as estações de Lyon e Austerlitz, gratuitamente, durante os testes realizados pela RATP, empresa que gere os transportes parisienses.

Fabricados pela companhia francesa Easymile, estas vans, que circulam em uma pista própria, têm capacidade para seis pessoas sentadas e duas em pé. Um agente viaja junto. Os veículos autônomos representam uma “revolução” para as cidades e transformarão o entorno urbano e o espaço público “de forma espetacular” nos próximos 20 anos, disse à imprensa Jean-Louis Missika, conselheiro de Arquitetura e Urbanismo da prefeitura do Paris.

LEIA MAIS sobre mobilidade em Futuro das Cidades

Para poder circular, carro terá de exibir adesivo “anti-poluição” em Paris

Segundo a RATP, estes testes “servem principalmente para saber a opinião dos usuários sobre este novo serviço e também para receber possíveis ideias que possam melhorá-lo”. Também permitirá obter informações sobre sua utilidade e segurança.

Em locais fechados, como em grande zonas industriais, “este tipo de veículo poderá ser utilizado rapidamente (...) como transporte”, considerou a presidente do RATP, Elisabeth Borne, durante a inauguração. Trata-se de uma nova etapa no projeto da RATP sobre as vans autônomas, já que houve um primeiro teste no fim de setembro ao longo da margem do Sena. Outros testes estão previstos para 2017.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]