i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
baixas temperaturas

Gás do aquecedor pode ter causado a morte de idoso em Curitiba

  • PorLucas Sarzi, do Paraná Online
  • 13/06/2016 17:15
 | Antonio More Gazeta do Povo/
| Foto: Antonio More Gazeta do Povo/

A polícia investiga a morte um idoso, de 60 anos, que foi encontrado dentro de um escritório na esquina das ruas Saldanha Marinho com Visconde do Rio Branco, no Centro de Curitiba, na tarde deste domingo (12). A suspeita é de que ele possa ter morrido de intoxicação por causa do gás do aquecedor dentro do próprio local de trabalho.

Nos últimos dias, com o frio intenso que tem feito em Curitiba, ele pode ter ligado o aquecedor para amenizar as baixas temperaturas. Segundo informou o Corpo de Bombeiros, o socorro foi chamado para dar atendimento a um vazamento de gás. Quando a equipe chegou ao local, encontrou o idoso morto. Ele estava sentado em frente ao computador, num espaço muito quente e sem ventilação nenhuma.

Por algum motivo, talvez por uma falha no aparelho, a suspeita é de que, com o vazamento de gás, o idoso inalou e morreu intoxicado. Quando o corpo foi localizado, o aparelho ainda estava ligado na sala .

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML), e a causa da morte ainda é dada como “a esclarecer”, pois o médico legista deve fazer os exames necessários para apontar o que matou o homem. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e investiga o que aconteceu, mas espera os resultados dos exames.

Alerta

Segundo o delegado Miguel Stadler, da DHPP, o que aconteceu com o idoso está sendo investigado, pois tudo indica que ele tenha se intoxicado. “É importante ter muita atenção com os aquecedores, tanto aqueles pequenos, como também os maiores, pois eles podem representar risco sim. Todo cuidado é pouco”, explicou. É importante ter atenção às temperaturas do aquecedor e não exagerar no uso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.