Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Dois homens que trabalhavam em uma loja de presentes na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) foram presos na quarta-feira (14) acusados de posse e comércio ilegal de munições. A prisão ocorreu na Rua Desembargador Cid Campelo e a suspeita é que as vendas de munições abasteciam grupos criminosos do bairro.

Os suspeitos foram presos por policiais do 11.° Distrito Policial (DP) de Curitiba. Segundo o delegado Rodrigo Brown, os agentes chegaram até a loja após denúncias anônimas de que o estabelecimento faria a revenda de vários calibres de armas. "Fomos até o local averiguar e encontramos vários calibres. A loja possivelmente abastecia bandidos da CIC", diz o delegado.

Foram apreendidos 50 cartuchos de calibre 40, de uso restrito da Polícia, 60 cartuchos de calibre 38, além de outras munições de calibres 40, 32 e 9 milímetros. Abimael Gehrk de Almeida, 29 anos, que era gerente da loja e já tinha passagem pela polícia por delitos de trânsito, e Paulo Vinícius Garcia, 19 anos, funcionário do estabelecimento, foram presos.

Além das apreensões de munição a Polícia também apreendeu diversos CDs piratas que eram vendidos na loja. Os suspeitos vão responder por posse e comércio ilegal de calibre restrito e violação de direito autoral. Caso condenados, podem ter que pagar pena de até 10 anos de prisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]