i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Protesto

Grande Recife amanhece sem ônibus nesta segunda-feira

A paralisação, pontual, teve início às 4h e deve terminar às 8h, de acordo com a categoria, que protesta contra a suspensão de 10% de aumento salarial e 75% no vale-alimentação

  • PorAgência Estado
  • 25/08/2014 05:47

Com os 18 terminais integrados vazios, sem ônibus nas ruas, a população do Grande Recife enfrenta mais uma paralisação dos motoristas e cobradores na manhã desta segunda-feira (25). No município metropolitano de Jaboatão dos Guararapes, um ônibus que tentava circular teve pneu furado e vidros quebrados. A paralisação - pontual - anunciada neste domingo (24), teve início às 4h e deve terminar às 8h, de acordo com a categoria, que protesta contra a suspensão de 10% de aumento salarial e 75% no vale-alimentação concedidos no mês passado. À tarde, eles fazem manifestação na área central da cidade.

Os engarrafamentos, comuns no horário, estão mais intensos. Quem tem carro, levou-o às ruas para cumprir compromissos.

Apesar do anúncio da paralisação, muita gente espera, em vão, os coletivos nas paradas. O aumento foi concedido em 30 de julho, pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PE), depois de três dias de greve. Eles queriam 10% de reajuste e aumento do vale-refeição de R$ 171,00 para R$ 320,00. Os empregadores ofereceram 6% de aumento linear - salário e benefícios. A justiça do trabalho concedeu os 10% e R$ 300,00 de vale-refeição.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho que suspendeu a determinação do TRT de forma provisória acatando pedido de liminar. A decisão fica valendo até o julgamento do caso pela Seção de Dissídios Coletivos do TST, que ainda não tem data definida. O salário inicial dos motoristas é de R$ 1.605,00 e o dos cobradores, de R$ 738,00.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.