i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Homem é morto com tiro na cabeça ao invadir prefeitura no ES

  • PorFolhapress
  • 23/01/2015 14:11

Um homem de 26 anos foi morto com um tiro na cabeça depois de invadir a sede da Prefeitura de Vila Velha, no Espírito Santo, na manhã desta sexta-feira (23).

O eletricista Diego Biasutti Salino segurava uma Bíblia na mão e estava desarmado. Ele foi atingido por um vigilante enquanto os dois brigavam a poucos metros do gabinete do prefeito Rodney Miranda (DEM), que ainda não havia chegado.

O incidente ocorreu às 7h30 e foi captado pelo circuito interno de câmeras do prédio. As imagens mostram Salino dando um chute na catraca para entrar quando é abordado pelo vigilante. Mesmo sendo repreendido pelo guarda, o rapaz segue caminhando.

Outra câmera, do terceiro andar, onde fica o gabinete, mostra o vigilante tentando se aproximar do eletricista quando Salino começa a dar chutes e socos nele. O guarda tenta contê-lo, e, durante a briga, faz o disparo que atinge a cabeça da vítima.

A Polícia Civil não quis informar o nome do vigilante, que trabalha em uma empresa terceirizada de segurança para o município.

Segundo o delegado Romualdo Gianordoli Neto, em depoimento o vigilante disse que Salino gritou na portaria que iria matar o prefeito e quem mais estivesse na sua frente. Com a vítima, no entanto, não foi achada nenhuma arma.

Ao tentar agarrar o invasor, ainda segundo a versão do vigilante, Salino começou a agredi-o. O vigia diz ter efetuado um tiro para cima, a fim de assustar o eletricista, e afirma que o segundo disparo, que o matou, foi acidental.

O vigilante foi ouvido e liberado --segundo o delegado, a polícia entende que houve legítima defesa.

Tiago Biasutti Salino, irmão da vítima, esteve na delegacia para fazer o reconhecimento do corpo do eletricista. Segundo o delegado, ele relatou que o irmão usava drogas, principalmente crack, e que havia sumido de casa nos últimos dias. O corpo do eletricista passará por exame toxicológico.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.