Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Antônio More/Gazeta do Povo
| Foto: Antônio More/Gazeta do Povo

O homem de 32 anos detido no final da tarde deste sábado (4) pela Guarda Municipal (GM), no Terminal do Portão, em Curitiba, após assediar uma adolescente de 15 anos, foi liberado pela Polícia Civil. Ele assinou um termo circunstanciado por ato libidinoso e responderá em liberdade pelo crime.

Segundo informações da Guarda Municipal, os passageiros perceberam o assédio e detiveram o homem até que ônibus chegasse ao terminal, onde ele foi preso e encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).

Campanha

Em Curitiba, uma campanha da prefeitura procura coibir esse tipo de atitude. O programa Busão sem Abuso, implantado pelo executivo municipal em novembro de 2014, já registrou 140 denúncias de assédios em ônibus de transporte coletivo na capital e resultou em 27 prisões em flagrante.

A campanha é uma parceria da Secretaria da Mulher, da Guarda Municipal, da Urbanização de Curitiba (Urbs), com o Tribunal de Justiça do Paraná e os sindicatos patronal (Setransp) e dos motoristas e cobradores de Curitiba e Região (Sindimoc).

O que fazer

Em casos de assédios, a orientação é de que as pessoas que presenciarem o ato acionem a Guarda Municipal, pelo telefone 153, ou a Polícia Militar, pelo 190, que podem atender a ocorrência.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]