Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os trabalhadores da Funpar (Fundação da Universidade Federal do Paraná) vão começar uma greve por tempo indeterminado no Hospital de Clínicas (HC) do Paraná às 7 horas da próxima segunda-feira (19). A decisão foi tomada em assembleia nesta quinta-feira (15), realizada na própria sede do HC.

José Carlos de Assis, um dos diretores do sindicato (Sinditest) que representa a classe, confirmou que apenas 30% dos 916 funcionários devem trabalhar no hospital durante o período no qual durar a paralisação.

Entre as reivindicações dos trabalhadores estão o reajuste salarial, melhoria nas condições de trabalho, inclusão de uma cláusula de estabilidade no acordo coletivo de trabalho que assegure o emprego dos trabalhadores. Eles também pedem a derrubada da ordem judicial de demissão decretada para o mês de junho.

Recentemente, a Justiça do Trabalho obrigou O HC a exonerar 916 servidores. A determinação é para que esses trabalhadores sejam substituídos por servidores concursados. Caso descumpram a decisão, o HC e a UFPR, mantenedora da instituição, estarão sujeitos a uma multa diária que varia de R$ 5 mil a R$ 150 mil.

Outro lado

A assessoria de imprensa do HC informou que até as 13 horas o hospital não tinha sido comunicado oficialmente do início da greve na segunda-feira (19).

Concursados do HC estão em greve

Os servidores federais (concursados) do HC estão em greve desde o dia 9 de maio. A categoria paralisou as atividades no dia 20 de março, mas eles tiveram que voltar ao trabalho no dia 18 de abril, após uma decisão da Justiça. No dia 9 de maio, após assembleia, os concursados retomaram a greve. Agora, o movimento deve continuar em paralelo ao movimento dos funcionários da Funpar (contratados).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]