O incêndio no Parque Nacional de Brasília foi controlado na madrugada de hoje, após destruir pelo menos 25% de um total de 42 mil hectares da reserva. A equipe formada por 350 pessoas continua no local para extinguir pequenos focos de fogo, de acordo com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). O incêndio na reserva teve início por volta das 7h30 de domingo, 19.

Ontem, o governador do Distrito Federal (DF), Rogério Rosso, decretou situação de emergência devido ao incêndio que atingiu a reserva e dos efeitos da baixa umidade relativa do ar nos últimos meses. A situação vale por 60 dias a partir de hoje. Com a situação de emergência, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros poderão tomar as medidas administrativas necessárias para minimizar os efeitos do incêndio e de outros possíveis focos em áreas ambientais do DF.

O Corpo de Bombeiros negocia a compra de dois aviões tanque com capacidade para transportar 3,1 mil litros de água para combater os incêndios florestais durante o período de seca. Serão investidos R$ 7,5 milhões na aquisição de duas aeronaves, fabricadas no Canadá. O acordo deve ser fechado em 20 dias, segundo a corporação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]