Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Um incêndio, que começou por volta das 7h30 do último domingo (19), já consumiu cerca de 25% da reserva do Parque Nacional de Brasília. A reserva foi interditada por volta das 9h de domingo. O parque fica a cerca de 10 quilômetros do centro da cidade.

A destruição foi rápida: até o início da manhã desta segunda-feira (20), o fogo já havia percorrido 20 quilômetros. A estimativa é que a queimada já tenha consumido 25% da reserva. Os bombeiros trabalham com 300 homens para tentar conter as chamas. A área total do parque é de 30 mil hectares, segundo o Ibama.

No domingo, o combate foi feito por 140 homens do Corpo de Bombeiros. No início da tarde, a preocupação era com o vento, que levava as chamas em direção às casas da Estrutural, uma área habitacional.

Estamos com duas linhas de fogo, a que está mais complicada é a que segue em direção da Cidade Estrutural, na direção da área do Exército. Mas o combate já está sendo feito", afirmou o coronel Odílio Domingos, do Corpo de Bombeiros.

O mato alto e seco dificultava o trabalho dos bombeiros. As chamas atingiram dez metros. O fogo destruiu boa parte da vegetação, que se transformou num enorme tapete preto. Um helicóptero ajudava tirando água da represa e jogando no Cerrado.

Um brigadista do Instituto Chico Mendes teve pernas, braços e rosto queimados durante o trabalho de combate às chamas nesse domingo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]