Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Três homicídios foram registrados em Curitiba e região metropolitana na madrugada desta segunda-feira (23). Em um dos casos, um marido matou a mulher e depois tirou a própria vida na noite de domingo (22), em São José dos Pinhais, na região metropolitana. Segundo informações da Polícia Militar(PM), o crime aconteceu na casa do casal, que fica no Jardim Itália.

Por volta das 23h50, o homem, de 25 anos, atirou quatro vezes contra a mulher, de 33 anos, que morreu no local. Depois do crime, ele atirou na própria cabeça. O homem chegou a ser socorrido ainda com vida e levado para o Hospital do Trabalhador, mas não resistiu.

Sem explicação

Outros dois homicídios foram registrados nesta segunda-feira (23). Daniel dos Reis foi morto por volta das 4h50, no bairro Recanto dos Papagaios, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana. Ele foi vítima de disparos de arma de fogo no rosto. A PM não soube informar a idade do rapaz. As causas do assassinato estão sendo apuradas.

Um homem de 27 anos foi encontrado morto no bairro Mercês, em Curitiba, por volta das 6h30 desta segunda (23). O corpo foi encontrado na Rua Gardênio Scorzato. De acordo com a PM, a causa da morte foi espancamento. O corpo ainda não havia sido identificado até as 8h30.

Fim de semana violento

Doze pessoas foram assassinadas, entre meia-noite de sexta-feira (20) e as 20 horas de domingo (22), em Curitiba e região metropolitana. Segundo a Polícia Militar, além desses homicídios, oito pessoas ficaram feridas por tiro ou ferimentos de arma branca.

Entre as vítimas está o gesseiro Orinton Flávio Pires, 30 anos, encontrado morto na manhã deste domingo dentro do porta-malas do próprio carro – um Peugeot branco -- com um tiro na cabeça, na Vila Barigui, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

A polícia também investiga um crime que aconteceu em Araucária, na região metropolitana. Um adolescente de 17 anos morreu após ser baleado no peito, no bairro Fazenda Velha. O tiro teria sido um disparo acidental, feito pelo primo da vítima, um rapaz de 17 anos também. Os dois iriam ao jogo entre Atlético e Flamengo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]