i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Campinas

Justiça Federal autoriza casal a importar semente de maconha para produção de remédio

  • PorEstadão Conteúdo
  • 18/09/2020 17:59
Justiça Federal autorizou importação de semente de maconha
| Foto: Unsplash

O juiz federal Renato Câmara Nigro, da 1.ª Vara Federal em Campinas, concedeu um habeas corpus para que os pais de uma menina de cinco anos possam importar sementes de Cannabis Sativa para o tratamento médico de sua filha. A decisão concedeu um salvo-conduto para que o casal não sofra restrições em sua liberdade de locomoção por quaisquer órgãos públicos.

Pela decisão, as autoridades brasileiras ficam proibidos de adotar medidas para impedir a aquisição das sementes e o seu cultivo na residência dos pais da criança. Ao apresentarem o pedido à Justiça, os pais da menina juntaram relatórios médicos que indicam diferentes tratamentos que foram ministrados, sem sucesso, incluindo o uso de canabidiol importado.

O magistrado estabeleceu que qualquer desvio da finalidade ou violação das regras impostas, acarretará a ilicitude do comportamento e, consequentemente, sujeitará os responsáveis às sanções legais. Assim, ele fixou que os pais poderão cultivar até 15 plantas de Cannabis, com o fim exclusivo de extração do óleo de cânhamo para o tratamento da filha.

Os responsáveis também foram autorizados a transportar e remeter plantas e flores para teste de quantificação e análise de canabinóides aos órgãos e entidades de pesquisa, ainda que em outra unidade da federação, para o pleno exercício pleno de seus direitos constitucionais. O processo corre sob sigilo e as informações foram divulgadas pela Justiça Federal paulista.

Os documentos apresentados pelos pais descrevem enfermidades diagnosticadas na criança desde os quatro meses de vida: encefalopatia epilética, atraso global do desenvolvimento, epilepsia farmacorresistente e síndrome de Lennox-Gastaut. Mencionam ainda que, após a introdução do óleo de Cannabis Sativa ao tratamento da menina, hoje com cinco anos, houve melhora das crises, tendo inclusive a indicação médica para ser administrado de forma contínua e diária, associado a outros fármacos antiepilépticos.

Também consta no processo os certificados da participação da mãe da menina em cursos de cultivo da Cannabis terapêutica, para demonstrar que a mesma possui condições de produzir o remédio, e que a criança terá com o devido acompanhamento médico.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • T

    Teresa Lopes

    ± 0 minutos

    Israel, país pioneiro em pesquisa, plantio, comercialização e legalização da cannabis. Sou cristã, apoio e amo nosso presidente Bolsonaro, tenho a bandeira do Brasil na porta da minha casa mas também apoio a legalização da cannabis no Brasil e no mundo! Na minha humilde opinião, vejo que há muita fake news que coloca a Cannabis como uma droga horrível, monstruosa.... mas é uma planta que produz milhões de substâncias, as quais possuem milhões de efeitos terapêuticos já conhecidos e usados além dos desconhecidos. Todos nós estamos sujeitos a ter que fazer uso de cannabis medicinal - que nem a cloroquina, muita gente foi contra mas, quando precisou tomou!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Celito Medeiros

    ± 10 dias

    Importar para quê, com tantas sementes existentes no Brasil? Tudo bem, podem cultivar 15 plantas, mas quem iria produzir o remédio à base de Canabidiol para 15 plantas? Ora, melhor seria importar a droga pronta. Poderiam sim, aprovar o plantio e produção por um Laboratório responsável por tudo, através de licitação. No livro Crianças e Suas Vidas Passadas, da Dra. Carol Bowman, a cura da epilepsia e todas as Doenças Mentais tem solução em Terapia Moderna de Saúde Mental, o livro está disponível nas Bibliotecas do Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Charles Bukowski

      ± 8 dias

      Parece que extrair os canabinóides da planta é bem simples, inclusive tem vídeos na internet ensinando. Acho que é uma boa iniciativa estimular o cultivo caseiro, pois não onera a família com o alto custo do produto importado. Levando em consideração que o dólar está R$ 5.40, o remédio importado custará em torno de 1.500 reais., ou seja, mais do que um salário mínimo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.