i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Maringá e região

Acidentes nas rodovias deixam 13 feridos no primeiro dia de 2009

Em uma colisão frontal, cinco ficaram machucados, sendo três em estado grave. Não foram registradas mortes nas estradas

  • PorHélio Strassacapa
  • 02/01/2009 14:10

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) divulgou o balanço dos acidentes e ocorrências nas rodovias na região de Maringá durante as 24 horas do feriado de Ano-Novo. Na quinta-feira (1.º) foram registrados nove acidentes que totalizaram 13 feridos. Nenhuma pessoa morreu. Os policiais também autuaram um jovem por utilização de documento de habilitação falsificado.

O mais grave dos acidentes foi entre um veículo Chevrolet Corsa e um Ford Escort, ambos com placas de Cianorte. Cinco pessoas ficaram feridas, três delas em estado grave. Todas foram encaminhadas para o Hospital São Paulo, de Cianorte. A colisão frontal foi na PR-082, por volta de 13h45, entre as cidades de Indianópolis e Rondon. Entre os feridos graves estavam os dois condutores, João Batista de Souza, 36 anos, e Fabiano Burgo, de 29 anos.

Por volta de 18h45, a polícia abordou Gilberto Martioli Junior, que conduzia uma motocicleta Honda Twister. Quando a polícia percebeu que sua carteira de habilitação era falsa, Martioli alegou que a mesma havia sido molhada, mas logo confessou que pagou R$ 600 pelo documento. Ele foi preso e encaminhado para Delegacia de Policia de Astorga, cidade onde reside.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.