Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Dois homens armados assaltaram um posto de combustível na madrugada desta quarta-feira (7), na Avenida dos Palmares, esquina com a Avenida Guaiapó, no Jardim Liberdade, em Maringá. O assalto aconteceu por volta das 2 horas. De acordo com o gerente do estabelecimento, José Neto, o homens estavam em duas motos, renderam o frentista, que trabalhava sozinho, e levaram R$ 350 em dinheiro. Este foi o terceiro assalto a estabelecimentos comerciais na Avenida dos Palmares desde o início da semana.

Na segunda-feira (5), por volta das 14h30, dois homens entraram usando capacetes em uma farmácia, renderam a funcionária que estava no caixa, ameaçaram vários clientes com um revólver e levaram R$ 12 mil. O dinheiro estava escondido para ser levado ao banco e, durante o assalto, um dos ladrões foi diretamente ao local onde estava o malote. A polícia acredita na possibilidade de ter sido um crime planejado, com vazamento de informações.

Durante a madrugada de segunda-feira (5), uma loja de calçados, recém-inaugurada na Avenida Palmares, foi arrombada. O vidro da vitrine foi quebrado e várias mercadorias roubadas. "Essas situações têm deixado os comerciantes traumatizados, pois com frequência ocorrem assaltos na nossa região", falou o funcionário de um dos estabelecimentos assaltados, que preferiu não se identificar.

Segundo o assessor de comunicação do 4.º Batalhão de Polícia Militar de Maringá, sargento Argemiro Ferreira Júnior, a avenida recebe policiamento reforçado durante o horário comercial. No entanto, ele afirma que o local não é considerado perigoso. "Toda região que tem grande área comercial é visada, mas a ocorrência de assaltos durante essa semana no Jardim Liberdade é algo fora do normal", disse. Segundo ele, a região apresenta risco devido a sua proximidade com Sarandi. "Muitos ladrões fazem os assaltos e fogem para a cidade vizinha", explicou.

De acordo com o sargento Júnior, não há como fazer uma conexão entre os crimes ocorridos - apesar de pelo menos dois deles terem sido realizados por uma dupla de rapazes em motos -, pois ainda não existe uma descrição dos assaltantes. "Por isso pedimos para que a população ajude na identificação desses sujeitos e também no seu paradeiro. As denúncias podem ser feitas de maneira anônima pelo número 181", definiu.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]