Maringá está entre as cidades que irão receber a turnê que comemora os 30 anos de carreira do Kid Abelha | Marcos Hermes/Divulgação
Maringá está entre as cidades que irão receber a turnê que comemora os 30 anos de carreira do Kid Abelha| Foto: Marcos Hermes/Divulgação

Convites

De acordo com os organizadores do evento, os convites para a pista estão esgotados. No entanto, ainda existem entradas para mesas e camarotes.

Valores

Mesas para seis pessoas com direito à tábua de frio e garçom – de R$ 918 a R$ 1.218

Camarote (open bar e open food) - Masculino R$ 200; Feminino R$ 150

Pontos de venda Morena Rosa, no Shopping Maringá Park; Up Lounge, na Praça Manoel Ribas; e Maringá FM.

Mais informações pelos telefones: (44) 9916-5621 e (44) 9840-9603.

A relação nada afoita com o sucesso e até a maturidade para dar um respiro na carreira na hora certa explicam muito da trajetória satisfatória de 30 anos do Kid Abelha, que se apresenta em Maringá nesta sexta-feira (31), no Out Maringá Centro de Eventos.

"A gente nunca fez nada só por fazer. Tudo teve o jeito e o momento certo. A nossa felicidade agora é chegar a esses 30 anos. Quando começamos, a gente nunca imaginou que, depois de um tempo como esse, ainda estaríamos trabalhando. Então, a gente está feliz, estamos tirando onda", diverte-se George Israel, integrante da banda desde a formação original, em entrevista por telefone à Gazeta do Povo.

A apresentação em Maringá faz parte do giro pelo País com a turnê Multishow ao Vivo – Kid Abelha 30 Anos, baseada no DVD gravado no Citibank Hall, no Rio de Janeiro, em abril deste ano.

Para montar o repertório, o grupo fez uma viagem por toda a história da banda, curtindo e resgatando arranjos do primeiro LP, recuperando músicas da década de 1990 e incluindo canções novas, como Caso de Verão, a nova faixa de trabalho do grupo.

No repertório da apresentação estão muitos hits que há tempos o trio não tocava, como Todo Meu Ouro, Em 92, Garotos, Dizer Não É Dizer Sim e Amanhã É 23. Isso sem deixar de fora as mais recentes Nada Sei, Por Que Eu Não Desisto de Você e a célebre releitura de Na Rua, na Chuva, na Fazenda.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]