Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O Procon verificou, pesquisando oito supermercados de Maringá, diferença de preço de até 123% em produtos que formam a ceia de Natal. O item em questão é uma lata de 400 gramas de figo em calda, que é vendida por preços que vão de R$ 3,99 a RS 8,91. A diferença também foi grande nos produtos mais característicos desta época do ano, como panetone (variação de 34%), chocotone (41%) e chester (25%). Clique aqui e confira a relação completa de preços divulgada nesta terça-feira (15).

Pelo menos mais três itens tiveram grande diferença de preço. O quilo bacalhau do tipo Saith vai de R$ 12,90 a R$ 29,90 - ou seja, o dobro do valor. Algo parecido acontece com a castanha do Pará com casca, cujo preço varia 96%, entre R$ 5,99 e R$ 11,78. Já o filtrado cereser de uva, bebida procurada para o réveillon, é vendido em diferentes pontos da cidade por R$ 4,39 e R$ 7,76 - variação de 76%.

O Procon pesquisou, entre 3 e 9 de dezembro, sete produtos em oito grandes supermercados da cidade. O órgão alerta, contudo, para o fato de que os preços podem ser modificados diariamente. "A pesquisa é feita para mostrar aos consumidores que vale a pena pesquisa preços, porque a diferença de preço entre um mesmo produto pode ser muito alto", explica o coordenador do Procon em Maringá, Dorival Dias.

Além disso, é recomendado aos consumidores verificar não apenas o preço, mas também o estado de conservação e a qualidade do produto procurado, uma vez que os muito baratos podem estar com o prazo de validade em vias de expirar.

Produtos com as maiores diferenças de preço:

- Figo em calda enlatado (400 g): Entre R$ 3m99 e R$ 8,91 (diferença de 123%)

- Bacalhau do tipo Saith (quilo): Entre R$ 12,90 e R$ 29,90 (diferença de 100%)

- Castanha do Pará com casca (quilo): Entre R$ 5,99 e R$ 11,78 (diferença de 96%)

- Filtrado cereser de uva (660 g): Entre R$ 4,39 e R$ 7,76 (diferença de 76%)

- Nozes com casas (quilo): Entre R$ 12,90 e R$ 22,63 (diferença de 75%)

Clique aqui e confira a relação completa de preços

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]