i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio+20

O Paraná no Rio

  • PorKatia Brembatti, enviada especial
  • 22/06/2012 21:04
 |
| Foto:

Itaipu em Noronha

Fotos: Katia Brembatti/ Gazeta do Povo

Vários projetos da hidrelétrica de Itaipu estiveram sob os holofotes durante a Rio+20. Carros elétricos desenvolvidos pela usina foram usados como veículos de serviço. O programa Cultivando Água Boa, que incentiva a preservação de nascentes, também teve grande espaço na exposição instalada nas redondezas do espaço da conferência. Mas o anúncio de maior destaque foi o de que Itaipu está trabalhando em projetos de energia solar e eólica para a ilha de Fernando de Noronha. O orçamento é de R$ 17 milhões e o sistema deve começar a funcionar ainda em 2012.

Ônibus verde

O Hibribus, desenvolvido pela Volvo no Paraná, chamou a atenção dos visitantes. O ônibus tem um motor elétrico e outro movido biodiesel e promete mais eficiência mecânica e menos emissão de gases poluentes. A partir de setembro, o Hibribus já deve ser incorporado ao sistema de transporte coletivo de Curitiba. Mas, diante da grande quantidade de veículos movidos a energias alternativas que foram apresentados no evento, os Hibribus não brilhou sozinho.

Comitê Paranaense

Os paranaenses estiveram representados na Rio+20 a partir de um documento de propostas para o desenvolvimento sustentável, formulado a partir de consulta popular. A opinião de 1,2 mil pessoas foi levada em conta e os resultados foram apresentados na Cúpula dos Povos. Um estande foi montado para abrigar o Comitê Paranaense e divulgar aos participantes as discussões que aconteceram no estado. Rosana Vicente Gnipper (foto) coordenou a elaboração do documento.

Compromissos

Foto: SECS

Durante a Rio+20, o governo do Paraná aderiu ao Pacto Global, um acordo voluntário proposto pela ONU que estabelece dez princípios a serem seguidos para o desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza. O governador Beto Richa esteve no Rio de Janeiro e palestrou em um evento para centenas de empresários. A prefeitura de Curitiba também se comprometeu a tomar providências para reduzir emissões de gases de efeito estufa.

❚❚❚Veja também: Rio+20 termina sem definir metas para o futuro

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.