Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ilustração mostra como deve ficar o Mercado Municipal depois da reforma e ampliação | Divulgação/Prefeitura
Ilustração mostra como deve ficar o Mercado Municipal depois da reforma e ampliação| Foto: Divulgação/Prefeitura

O Mercado Municipal de Curitiba vai passar por uma reforma, prevista para começar em janeiro de 2010, com duração de 14 meses. Segundo a Secretaria Municipal do Abastecimento, o Mercado continuará funcionando durante todo o período de obras. O projeto da reforma e ampliação será apresentado à população na quarta-feira (16) em audiência públicaàs 10h, no auditório do Mercado de Orgânicos.

Com a ampliação, o Mercado Municipal ganhará 18.600 metros quadrados, quase o dobro do tamanho atual. Para isso, dois terrenos em volta do Mercado foram adquiridos pela prefeitura, e um terceiro está em processo de desapropriação. A primeira etapa das obras é a construção de um prédio que será a entrada principal do Mercado, na Avenida Sete de Setembro. No hall será construída uma arena para aulas-shows de gastronomia.

A maior intervenção será na área de restaurantes e lanchonetes, que ficará mais espaçosa. Atualmente, todo o Mercado Municipal conta com 680 lugares para os clientes se sentarem. Com a ampliação, esse número chegará a 1.200 lugares.

"É uma obra grande, que adaptará o Mercado as necessidades de crescimento, com mais comodidade aos frequentadores e aos comerciantes. Até lá, teremos que fazer a reforma sem fechar o Mercado, e evitar ao máximo os transtornos", disse o secretário municipal do Abastecimento, Norberto Ortigara, por meio da assessoria de imprensa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]