i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Luto

Morre 1.º arcebispo de Maringá

Dom Jaime Coelho tinha 97 anos e estava internado no Hospital Santa Casa desde sábado. Causa da morte foi insuficiência renal crônica

  • PorKaren Faccin e Tatiane Salvatico, da Gazeta Maringá
  • 05/08/2013 21:09
Dom Jaime Luiz Coelho foi uma das principais personalidades da história recente de Maringá | Arquivo/ Gazeta do Povo
Dom Jaime Luiz Coelho foi uma das principais personalidades da história recente de Maringá| Foto: Arquivo/ Gazeta do Povo

Biografia

Dom Jaime construiu a Catedral e solidificou a fé católica em Maringá

Motivado pela avó materna, que sonhava em ter um padre na família, o primeiro arcebispo de Maringá, dom Jaime Luiz Coelho, dedicou-se à vida religiosa desde a infância. Nascido em 26 de julho de 1916 na cidade paulistana de Franca, o religioso teve educação católica e estudou Filosofia e Teologia no Seminário Nacional do Ipiranga, em São Paulo.

Após os estudos preparatórios, dom Jaime foi ordenado padre em 7 de dezembro de 1941, na Catedral São Sebastião de Ribeirão Preto (SP). Um dia depois, celebrou o primeiro casamento, da própria irmã Jupira Coelho. Sessenta anos depois, celebrou as bodas de diamante dela.

Em 3 de dezembro de 1956, foi nomeado o primeiro arcebispo de Maringá, pelo então papa Pio XII. Em 20 de janeiro de 1957, ao chegar à nova cidade, foi recebido por milhares de pessoas na então pista de pouso da cidade.

Foi de dom Jaime, anos mais tarde, a ideia de construir uma catedral inspirada no modelo do foguete russo Sputnik II. O religioso convidou o arquiteto José Augusto Bellucci para, ao seu lado, conceber a ideia. As obras da Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória ocorreram entre 1958 e 1972 e inauguração coincidiu com o 25º aniversário de Maringá. Foram muitas as doações por parte dos fiéis: sacas de café e cereais, materiais de construção, organização de eventos beneficentes e dinheiro.

Dom Jaime explicava que o formato e a inspiração no foguete poderiam se resumir com a palavra russa "sputnik" que significava "o que se desprende da Terra e vai para o alto". Com 124 metros, a igreja é considerada o monumento religioso mais alto da América Latina e o décimo no mundo. (KF e TS)

"’In Omnibus Christus’ (Cristo em Todos) foi o seu lema episcopal: um testemunho de sua busca por reconhecer, em cada irmão e irmã, a pessoa de Nosso Senhor."

Trecho da nota de condolências divulgada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

  • Inspirada no foguete espacial

O primeiro arcebispo de Maringá, dom Jaime Luiz Coelho, morreu por volta da 1 hora de ontem, no Hospital Santa Casa, de insuficiência renal crônica, aos 97 anos. O religioso foi internado pela segunda vez em dois meses na noite de sábado e respirava com a ajuda de aparelhos. A prefeitura decretou luto oficial de três dias.

Dom Jaime foi velado ontem, a partir do meio-dia, na Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória. O enterro será realizado hoje, logo após a missa de corpo presente, marcada para as 18h30. O corpo será sepultado na cripta da igreja que ajudou a construir.

A Arquidiocese informou, por meio da assessoria de imprensa, que as pessoas que quiserem prestar homenagens a dom Jaime substituam as típicas coroas de flores por doações em dinheiro para as obras sociais da Igreja. As doações podem ser feitas na Catedral.

Em 20 de julho, mesmo com a saúde debilitada e com dificuldades de locomoção, dom Jaime participou da missa de envio com os jovens peregrinos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Maringá.

Personalidade histórica

Dom Jaime Luiz Coelho foi uma das principais personalidades da história de Maringá. Paulista de Franca, foi designado bispo da então recém-criada diocese de Maringá em 1956. Com a elevação de Maringá a arquidiocese, foi promovido arcebispo metropolitano em 1980.

Deixou o comando da Igreja Católica na região de Maringá em 1997, quando foi sucedido por dom Murilo Krieger. Também fundou e dirigiu a Faculdade Estadual de Ciências Econômicas, embrião da atual Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Além disso, dom Jaime teve participação fundamental em uma série de fatos importantes para o crescimento de Maringá, como a construção da Livraria Católica; a transformação do Albergue Noturno em Albergue Santa Luíza de Marillac; a criação do jornal diário Folha do Norte do Paraná; a implantação da TV católica 3.º Milênio, fundada pelo padre Gerhard Schneider; e a obra de desfavelamento do Núcleo Social Papa João XXIII.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.