Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida e Cidadania
  3. Morre, aos 66 anos, o cirurgião Danton Richlin da Rocha Loures

Perda

Morre, aos 66 anos, o cirurgião Danton Richlin da Rocha Loures

  • Gazeta do Povo
  • Atualizado em às
Rocha Loures realizou o primeiro transplante cardíaco no Paraná |
Rocha Loures realizou o primeiro transplante cardíaco no Paraná
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Morreu na manhã deste domingo (20) o professor cirurgião cardiovascular Danton Richlin da Rocha Loures, com 66 anos de idade. Segundo informações dos familiares, Loures teria tido um infarto enquanto fazia exercícios físicos em um clube de Curitiba.

Rocha Loures nasceu em 27 de outubro de 1943 em Joinville e era filho de Josino Alves da Rocha Loures e Carmen Richlin da Rocha Loures. Quando tinha 3 anos, a família se mudou para Londrina, no Norte do estado, onde seu pai trabalhou como médico. Já em Curitiba, se formou em Medicina e se dedicou à cardiologia. Em 1985 comandou a equipe que realizou o primeiro transplante de coração no Paraná, no Hospital Evangélico de Curitiba.

Rocha Loures realizou o primeiro transplante cardíaco do Paraná. Era professor titular de Cirurgia Torácica e Cardiovascular da UFPR e da Faculdade Evangélica de Medicina. Ultimamente o médico vinha realizando importantes pesquisas com uso de células tronco na Cardiologia. Era ainda membro da Academia Paranaense de Medicina, titular da Sociedade Paranaense e Brasileira de Cardiologia e de Cirurgia Cardiovascular e supervisor médico da unidade funcional de Cardiologia e Pneumologia do Hospital de Clinicas da Federal.

O velório será realizado na reitoria da Universidade Federal do Paraná e o sepultamento do corpo ocorre às 11h desta segunda-feira (21), no Cemitério Parque Iguaçu.

O médico era viúvo de Regina Schrappe da Rocha Loures e teve quatro filhas.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE