Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar | Roberto Custódio/JL
Amanda Rossi foi encontrada morta dentro do campus da Unopar| Foto: Roberto Custódio/JL

Balanço parcial nas estradas

Os números parciais sobre mortos, feridos e acidentes nas estradas do Paraná durante o feriado de Finados de 2007 indicam uma redução nos índices - quando comparado aos dados do ano anterior.

Até as 17h deste domingo (4), quatro pessoas perderam a vida nas rodovias que cortam o estado - no ano passado foram 11 mortes.

O número de feridos e acidentes também apresentam queda. Em 2006, foram 286 acidentes com 227 feridos. No feriado deste ano, as polícias rodoviárias contabilizam 131 feridos e 206 acidentes. Leia reportagem completa

Os motoristas que voltaram do Litoral do Paraná e de Santa Catarina neste domingo (4) - após o feriado de Finados - não tiveram grandes transtornos nas estradas. Com o tempo bom, alguns motoristas deixaram a viagem de volta para o fim da tarde - o que provocou movimento alto nas rodovias BR-277 e BR-376. Nenhum acidente mais grave foi registrado neste domingo.

O trânsito nas duas rodovias começou a aumentar no meio da tarde e o pico no fluxo de veículos foi registrado entre 18h e 19h - quando 1.900 carros passaram por hora pela BR-277 e 2.800 pela BR-376. Às 20h, o movimento começou a cair lentamente, mas as polícias rodoviárias informaram que o tráfego ficaria acima do normal até as 22h.

Na rodovia BR-277, o movimento às 20h era de 1.600 veículos passando por hora pela praça de pedágio de São José dos Pinhais, na região metropolitana. As informações são da Ecovia, concessionária que administra o trecho entre a capital paranaense e o litoral do estado.

A concessionária informou ainda que até as 20h, 14,5 mil veículos - dos 19 mil que desceram a Serra do Mar - já tinham retornado. Os outros cerca de 3,5 mil eram aguardados até a 0h. Na manhã desta segunda-feira, a Ecovia prevê movimento normal - cerca de 600 veículos por hora.

Acidente provoca fila na BR-277

No trecho da BR-277, que liga Curitiba ao interior do estado, um acidente provocou congestionamento de dois quilômetros no início da noite. Por volta de 19h, dois carros bateram num sinaleiro em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Édna Busato e o filho Luiz Gustavo Fernando Busato, de dois anos, tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para o Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo. O trânsito na rodovia foi normalizado 30 minutos depois do acidente.

BR-376: Santa Catarina - Curitiba

O movimento de veículos na estrada BR-376 começou a intensificar no meio da tarde deste domingo (4) - por volta de 15h30 - quando 800 carros passavam por hora. O fluxo foi aumentando e o pico chegou a 2.800 por hora. Às 20h, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o movimento tinha caído um pouco, mas a tendência era de queda considerável depois das 22h. Somente neste domingo, a PRF registrou seis acidentes com quatro feridos e nenhuma morte.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]