Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Sem alarde, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra trouxe cerca de 1,5 mil famílias para um acampamento no Assentamento Ireno Alves, em Rio Bonito do Iguaçu. Na região especula-se que o movimento seja para invadir áreas da Araupel, empresa de reflorestamento e beneficiamento de madeira que emprega mais de mil trabalhadores. O MST nega que esteja focando áreas da empresa e que a invasão a ser conduzida por essas famílias possa ser até em outra região próxima. Nos próximos dias, a expectativa é reunir 3 mil famílias no novo acampamento, boa parte formada por filhos de integrantes do MST que foram assentados há cerca de duas décadas em diferentes regiões do Paraná.

A Araupel salienta que já tomou medidas preventivas e conta com interdito proibitório para 100% de sua área – isso significa que o MST está proibido judicialmente de ocupar a área.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]