Procurado tem entre 18 e 22 anos, 1,70 metro e é pardo | Reprodução
Procurado tem entre 18 e 22 anos, 1,70 metro e é pardo| Foto: Reprodução

A corretora de imóveis Cláudia Mäder Munhoz, de 55 anos, morreu ontem, no bairro Bigorrilho, em Curitiba, em uma tentativa de assalto. O crime ocorreu por volta das 14h20, na Rua Gastão Câmara, entre a Alameda Júlia da Costa e a Rua Martim Afonso.

Segundo o delegado Cassiano Aufiero, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba, que está à frente das investigações, Cláudia teria mostrado um apartamento a clientes instantes antes do ocorrido. De acordo com ele, os clientes não têm qualquer relação com os assaltantes. "As equipes ainda estão na rua, algumas testemunhas estão sendo ouvidas, mas tudo está recente. Não há suspeitos até o momento", disse o delegado.

Um porteiro da região, que não quis se identificar, afirmou à reportagem que o crime ocorreu depois que a vítima se recusou a entregar a bolsa para os ladrões e tentou atravessar a rua correndo. Ela teria sido abordada por pelo menos dois criminosos quando entrava no carro.

Suspeito

A DFRV divulgou ainda no fim da tarde de ontem o retrato falado de um dos criminosos que teriam participado do latrocínio (assalto seguido de morte).

O suspeito aparenta ter entre 18 e 22 anos, ter cor de pele parda clara e 1,70 metro de altura. A pedido da polícia, quem tiver qualquer informação sobre o suspeito pode ligar para o telefone (41) 3314-6400.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]