i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Proposta

Municípios pedem mais R$ 15 milhões para custear o transporte escolar

  • PorGazeta do Povo Online com informações de Marcos Xavier Vicente - Gazeta do Povo
  • 23/05/2007 19:45

A Associação dos Municípios do Paraná (AMP) resolveu nesta quarta-feira, depois de uma reunião em Curitiba, que vai reivindicar R$ 15 milhões do governo do estado para o transporte escolar dos alunos da rede estadual.

Se a Secretaria Estadual de Educação (Seed) aprovar o reajuste, o total repassado para os 399 municípios do estado será de R$ 55 milhões. A proposta será encaminhada ainda essa semana ao secretário estadual de Educação, Maurício Requião.

Mas, mesmo se a proposta for aceita, explica o presidente da AMP, o prefeito de Castro, Moacyr Fadel (PMDB), o valor ainda é insuficiente. "Os municípios estão arcando com o transporte de parte dos alunos da rede estadual", diz. Ele conta que ao arcar com os custos que deveriam ser do estado, os municípios deixam de investir em outras áreas.

Para o presidente da seção paranaense da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PR), o secretário municipal de Educação de Castro, Carlos Eduardo Sanchez, o aumento de R$ 15 milhões no repasse poderiam vir pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.