i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
“Big Brother” escolar

Na rede privada, monitoramento já é realidade há cinco anos

  • PorFabiula Wurmeister, da sucursal
  • 24/04/2009 21:04

O monitoramento por câmeras de vídeo já é uma realidade nas escolas privadas há pelo menos cinco anos, segundo o vice-presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Paraná (Sinepe-PR), Jacir Venturi. Os equipamentos estão instalados nos pátios e corredores, próximo às catracas de entrada e saída, na área da administração e nas quadras de esporte. Venturi conta que a vigilância se tornou um componente importante na hora dos pais escolherem o colégio dos filhos. Algumas escolas chegam a disponibilizar o acesso das imagens pela internet. Graças a esta tecnologia, pais e responsáveis podem acompanhar os filhos em tempo real pelo computador, de casa ou do trabalho, enquanto eles estiverem nas áreas de uso comum.

Venturi conta que, no começo, a proposta provocou reações negativas em alguns pais e alunos que reclamavam de invasão de privacidade. Mas as manifestações contrárias se diluíram com o tempo e com a comprovação dos benefícios proporcionados pela vigilância por vídeo. Diretor de três escolas particulares, Venturi garante que o monitoramento intramuros é um importante fator pedagógico e disciplinador. "Os alunos estão cientes de que serão constantemente acompanhados e isso inibe discussões, furtos e a saída indevida no período de aula."

Quase todos os ambientes são vigiados 24 horas por dia, com exceção das salas de aula. "As câmeras no ambiente de aula poderiam constranger o professor e tirar a naturalidade, o que certamente prejudicaria o ensino. O sistema tem a função simplesmente de ajudar na organização, patrulhamento do patrimônio físico e garantir a segurança dos alunos."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.