i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estiagem

Nível do Cantareira chega a 8,1% de armazenamento, o menor já registrado

Há uma semana, o reservatório se encontrava com 9,2% de sua capacidade preenchida

  • PorFolhapress
  • 21/09/2014 14:02
Sistema Cantareira registra o menor volume de água de todos os tempos | Roosevelt Cassio / Reuters
Sistema Cantareira registra o menor volume de água de todos os tempos| Foto: Roosevelt Cassio / Reuters

O índice de armazenamento de água no sistema Cantareira caiu para 8,1% neste domingo (21), segundo informações da Sabesp. Trata-se do menor patamar registrado desde que o "volume morto" passou a ser captado. No sábado (20), o nível do complexo aquífero estava em 8,2%. Na sexta (19), em 8,4%. Há uma semana (14), o reservatório se encontrava com 9,2% de sua capacidade preenchida.

O Cantareira atende, de acordo com a própria Sabesp, cerca de 8,1 milhões de pessoas na capital paulista e nos municípios de Franco da Rocha, Francisco Morato, Caieiras, Osasco, Carapicuíba, Barueri, Taboão da Serra, São Caetano, Guarulhos e Santo André.

O Sistema Alto Tietê - de onde sai a água de 3,1 milhões de moradores São Paulo, Arujá, Itaquaquecetuba, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano, Guarulhos, Mauá, Mogi das Cruzes e Santo André - registra, neste domingo, índice de 12,6%.

Crise

Na sexta (19), a Agência Nacional de Águas (ANA) anunciou sua retirada do comitê que assessora a gestão do sistema Cantareira, que passa por uma crise sem precedentes. Ligada ao governo federal, a agência propôs a dissolução do grupo, criado em fevereiro por representantes seus, do governo paulista, da Sabesp e dos comitês das bacias que alimentam o sistema.

De acordo com ofício assinado pelo diretor-presidente do órgão, Vicente Andreu, a saída leva em consideração "as manifestações do dr. Mauro Arce", secretário de Recursos Hídricos do Estado. Ele afirma que o secretário negou acordo, proposto por ele próprio ao grupo, para que a Sabesp reduzisse o volume de água que retira do Cantareira. E que a ANA deixa o comitê "especialmente" pela falta de novas definições sobre essa questão.

A agência defende a redução da vazão para poupar o sistema, mas, segundo especialistas, o governo não quer assumir esse compromisso para evitar o desabastecimento da região metropolitana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.