i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Observatório para incentivar pesquisas sobre família é criado pelo ministério de Damares

  • PorGazeta do Povo
  • 22/06/2020 19:01
Ministra Damares Alves
Observatório Nacional da Família foi criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos| Foto: Luiz Alves/ MMFDH

Um observatório para produzir conhecimento científico sobre família foi criado pelo Ministério da Mulher, da  Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). A instituição dele foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (22).

De acordo com a pasta, alguns dos objetivos do novo serviço são ampliar o diálogo com a comunidade acadêmica, incentivar pesquisas relacionadas à família nos programas de mestrado e doutorado das universidades, e fomentar a produção de dados estatísticos sobre essa temática.

O Observatório Nacional da Família será “um repositório de conhecimento científico que visa dar visibilidade à família como primeiro e fundamental contexto de constituição integral da pessoa”, explica a pasta. A gestão será feita pelo Departamento de Equilíbrio Trabalho-Família do ministério.

Acadêmicos, pesquisadores, gestores, parlamentares, organizações da sociedade civil, profissionais de imprensa e demais interessados na temática são o público-alvo desse observatório.

O ministério esclareceu que não se trata de um novo órgão dentro da estrutura do MMFDH e sim de um serviço à sociedade brasileira. Ele funcionará por tempo indeterminado.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Miguel Alexandre

    ± 0 minutos

    Dá-lhe Damares!!! Exemplo da verdadeira mulher brasileira. Guerreira e destemida, apesar da perseguição da extrema imprensa e do ódio dos esquerdopatas hipócritas...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Carvalho

    ± 4 horas

    Ótima iniciativa! Está ministra está mudando a forma e a cara deste ministério. Antes era um cabide de empregos de gente sem noção e sem vontade de trabalhar. Parabéns ministra!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.