Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Dois militares do Exército foram presos pela Polícia Militar na terça-feira à noite após fazerem uma blitz sem autorização na Lapa, região central do Rio de Janeiro. Eles estavam fardados, armados e com sinais de embriaguez quando montaram o bloqueio de fiscalização. A dupla, um aspirante a oficial-médico e um soldado, lotados na Força de Pacificação da Maré, usou uma ambulância para chegar ao bairro boêmio. O comportamento dos militares chamou a atenção de agentes do governo estadual que fazem operações de policiamento na região. Em nota, o Comando da Força de Pacificação informou que os dois se ausentaram do serviço e que passaram por testes de embriaguez. Por incorrerem em crime militar, os dois permanecem presos em quartéis do Exército.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]