O Conselho Federal de Medi­cina inicia hoje uma pesquisa sobre o número de partos cesarianos no país. Serão ouvidos 16.163 médicos ligados à Fede­ração Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia. Eles vão responder a um questionário, via internet, sobre fatores técnicos e de remuneração quando optam pelo parto cesariano. Dados do Ministério da Saúde de 2008 mostram que 43% dos partos feitos no país são cesáreas. Nos hospitais privados, esse número chega a 80%. A Organização Mundial da Saúde recomenda que as cesáreas não ultrapassem 15% da totalidade de partos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]