i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
violência contra a mulher

Piauí confirma ocorrência de estupro coletivo: é o segundo caso em um mês

A madrasta da adolescente de 14 anos flagrou a enteada desacordada com quatro homens nus ao redor dela no banheiro do ginásio de Pajeú

    • Estadão Conteúdo
    • 09/06/2016 14:06
     | Hugo Harada/Gazeta do Povo
    | Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

    Quatro homens estupraram uma menina de 14 anos no Piauí na noite desta terça-feira (7). O crime ocorreu no município de Pajeú do Piauí, a 407 quilômetros da capital Teresina, e foi praticado por três adolescentes, que foram apreendidos, e um adulto, já preso. Este foi o segundo caso coletivo de violência sexual em menos de um mês no estado.

    O gerente de Policiamento do Interior, delegado Willame Morais confirmou que o caso se caracteriza como estupro. “É uma garota de 14 anos, possivelmente sob o efeito de bebida alcoólica ou outra substancia, fatos que, por si só, caracterizam o estupro. E a vitima é menor de idade e estava inconsciente, o que tirou dela a liberdade de dizer sim ou não”, afirmou o delegado.

    A madrasta da adolescente flagrou a enteada desacordada com quatro homens nus ao redor dela no banheiro do ginásio de Pajeú. Dos abusadores, apenas um é maior de idade, com 19 anos, e os outros três têm entre 16 e 17 anos. O maior foi preso e os menores apreendidos, apesar de terem tentado fugir pulando um muro do ginásio.

    Todos foram encaminhados para a delegacia do município de Canto do Buriti. Os homens contaram ao sargento Edmundo Alves da Costa, responsável pela apuração do caso, que a adolescente tinha consentido o sexo.

    Segundo Morais, a vítima relatou que conhecia os suspeitos e já tinha tido um relacionamento com um deles. Ela disse ainda que lhe ofereceram Coca-Cola e que depois de tomar o refrigerante, não lembra mais do que aconteceu. Os acusados afirmaram que ofereceram bebida alcoólica para a garota e que ela supostamente aceitou.

    A adolescente foi submetida a exame pericial para comprovar o crime e está sob assistência do Serviço de Atenção à Mulheres Vítimas de Violência Sexual. Ela tomou um coquetel para evitar contaminação por doenças sexualmente transmissíveis e teve o sangue colhido para exame toxicológico.

    O caso é acompanhado pela delegada titular do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, Anamelka Cadena. O promotor de Justiça, Márcio Carcará, informou nesta quinta-feira (9) que pediu ao juiz da comarca de Canto do Buriti a transferência dos três adolescentes suspeito de estupro coletivo em Pajeú.

    “Pedimos hoje a transferência dos três adolescentes para o Centro de Internação Provisória (CEIP) em Teresina por questão de segurança e em respeito à própria vítima, que terá que retornar a cidade”, explicou o promotor.

    Outro caso

    No dia 20 de maio, quatro adolescentes foram apreendidos e um rapaz de 18 anos foi preso acusado de participação em um estupro coletivo a uma jovem de 17 anos, em Bom Jesus, a 597 quilômetros de Teresina.

    A vítima foi encontrada amarrada e com a roupa íntima usada como mordaça. Os cinco foram liberados pela Justiça seis dias após a detenção e respondem ao processo em liberdade.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.