Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Um policial militar da UPP Andaraí, na zona norte do Rio de Janeiro, morreu após ser baleado durante um confronto na comunidade. O tiroteio aconteceu por volta das 19 horas desta segunda-feira (6), quando uma equipe da UPP foi surpreendida por criminosos armados na localidade conhecida como Cruzeiro. De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), outro PM também foi baleado na ação. Os dois foram socorridos no Hospital Federal do Andaraí, mas um deles não resistiu aos ferimentos. A identificação dos agentes não foi divulgada. Até a noite desta segunda-feira, não havia informações sobre o estado de saúde do outro policial. Após o confronto, o policiamento no local foi reforçado por homens da UPP Borel. Os agentes fizeram buscas na região, mas ninguém foi preso.

No último domingo, um policial lotado na UPP Fazendinha, no Complexo do Alemão, foi atingido durante tiroteio com criminosos. A bala ficou alojada no colete do PM, evitando que ele se ferisse gravemente. O comando das UPPs também não divulgou a identificação do agente. O confronto foi registrado no fim da noite e assustou moradores. A informação da troca de tiros no local chegou pelo WhatsApp do jornal O Globo. Segundo um leitor, que não se identificou, era possível ouvir o tiroteio até do Cachambi.

Também no domingo, outro fogo cruzado deixou moradores preocupados. Por volta das 8 horas, policiais militares que faziam o patrulhamento no Largo do Bulufa, também no Complexo do Alemão, foram alvos de ataque de bandidos. Houve troca de tiros, mas os bandidos conseguiram fugir. Na ocasião, não houve informações de feridos ou presos. Após os tiroteios, policiais de outras Unidades de Polícia Pacificadoras do conjunto de favelas ajudaram a reforçar o patrulhamento no local.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]